terça-feira, 19 de setembro de 2017

20 DE SETEMBRO - LEITURA BÍBLICA ANUAL - SALMOS 54 E 55.


Salmos 54

1 Salva-me, ó Deus, pelo teu nome; defende-me pelo teu poder.
2 Ouve a minha oração, ó Deus; escuta as minhas palavras.
3 Estrangeiros me atacam; homens cruéis querem matar-me, homens que não se importam com Deus. Pausa
4 Certamente Deus é o meu auxílio; é o Senhor que me sustém.
5 Recaia o mal sobre os meus inimigos! Extermina-os por tua fidelidade!
6 Eu te oferecerei um sacrifício voluntário; louvarei o teu nome, ó Senhor, porque tu és bom.
7 Pois ele me livrou de todas as minhas angústias, e os meus olhos contemplaram a derrota dos meus inimigos.

Salmos 55

1 Escuta a minha oração, ó Deus, não ignores a minha súplica;
2 ouve-me e responde-me! Os meus pensamentos me perturbam, e estou atordoado
3 diante do barulho do inimigo, diante da gritaria dos ímpios; pois aumentam o meu sofrimento e, irados, mostram seu rancor.
4 O meu coração está acelerado; os pavores da morte me assaltam.
5 Temor e tremor me dominam; o medo tomou conta de mim.
6 Então eu disse: "Quem dera eu tivesse asas como a pomba; voaria até encontrar repouso!
7 Sim, eu fugiria para bem longe, e no deserto eu teria o meu abrigo. Pausa
8 Eu me apressaria em achar refúgio longe do vendaval e da tempestade".
9 Destrói os ímpios, Senhor, confunde a língua deles, pois vejo violência e brigas na cidade.
10 Dia e noite eles rondam por seus muros; nela permeiam o crime e a maldade.
11 A destruição impera na cidade; a opressão e a fraude jamais deixam suas ruas.
12 Se um inimigo me insultasse, eu poderia suportar; se um adversário se levantasse contra mim, eu poderia defender-me;
13 mas logo você, meu colega, meu companheiro, meu amigo chegado,
14 você, com quem eu partilhava agradável comunhão enquanto íamos com a multidão festiva para a casa de Deus!
15 Que a morte apanhe os meus inimigos de surpresa! Desçam eles vivos para a sepultura, pois entre eles o mal acha guarida.
16 Eu, porém, clamo a Deus, e o Senhor me salvará.
17 À tarde, pela manhã e ao meio-dia choro angustiado, e ele ouve a minha voz.
18 Ele me guarda ileso na batalha, ainda que muitos estejam contra mim.
19 Deus, que reina desde a eternidade, me ouvirá e os castigará. Pausa Pois jamais mudam sua conduta e não têm temor de Deus.
20 Aquele homem se voltou contra os seus aliados, violando o seu acordo.
21 Macia como manteiga é a sua fala, mas a guerra está no seu coração; suas palavras são mais suaves que o óleo, mas são afiadas como punhais.
22 Entregue suas preocupações ao Senhor, e ele o susterá; jamais permitirá que o justo venha a cair.
23 Mas tu, ó Deus, farás descer à cova da destruição aqueles assassinos e traidores, os quais não viverão a metade dos seus dias. Quanto a mim, porém, confio em ti.




segunda-feira, 18 de setembro de 2017

19 DE SETEMBRO - LEITURA BÍBLICA ANUAL - SALMOS 52 E 53.

Salmos 52

1 Por que você se vangloria do mal e de ultrajar a Deus continuamente?, ó homem poderoso.
2 Sua língua trama destruição; é como navalha afiada, cheia de engano.
3 Você prefere o mal ao bem, a falsidade, em lugar da verdade. Pausa
4 Você ama toda palavra maldosa, ó língua mentirosa!
5 Saiba que Deus o arruinará para sempre: Ele o agarrará e o arrancará da sua tenda; ele o desarraigará da terra dos vivos. Pausa
6 Os justos verão isso e temerão; rirão dele, dizendo:
7 "Veja só o homem que rejeitou a Deus como refúgio; confiou em sua grande riqueza e buscou refúgio em sua maldade! "
8 Mas eu sou como uma oliveira que floresce na casa de Deus; confio no amor de Deus para todo o sempre.
9 Para sempre te louvarei pelo que fizeste; na presença dos teus fiéis proclamarei o teu nome, porque tu és bom.

Salmos 53

1 Diz o tolo em seu coração: "Deus não existe! " Corromperam-se e cometeram injustiças detestáveis; não há ninguém que faça o bem.
2 Deus olha lá dos céus para os filhos dos homens, para ver se há alguém que tenha entendimento, alguém que busque a Deus.
3 Todos se desviaram, igualmente se corromperam; não há ninguém que faça o bem, não há nem um sequer.
4 Será que os malfeitores não aprendem? Eles devoram o meu povo como quem come pão, e não clamam a Deus!
5 Olhem! Estão tomados de pavor, quando não existe motivo algum para temer! Pois foi Deus quem espalhou os ossos dos que atacaram você; você os humilhou porque Deus os rejeitou.
6 Ah, se de Sião viesse a salvação para Israel! Quando Deus restaurar o seu povo, Jacó exultará! Israel se regozijará!




domingo, 17 de setembro de 2017

18 DE SETEMBRO - LEITURA BÍBLICA ANUAL - SALMOS 50 E 51.


Salmos 50

1 Fala o Senhor, o Deus supremo; convoca toda a terra, do nascente ao poente.
2 Desde Sião, perfeita em beleza, Deus resplandece.
3 Nosso Deus vem! Certamente não ficará calado! À sua frente vai um fogo devorador, e, ao seu redor, uma violenta tempestade.
4 Ele convoca os altos céus e a terra, para o julgamento do seu povo:
5 "Ajuntem os que me são fiéis, que, mediante sacrifício, fizeram aliança comigo".
6 E os céus proclamam a sua justiça, pois o próprio Deus é o juiz. Pausa
7 "Ouça, meu povo, pois eu falarei; vou testemunhar contra você, Israel: eu sou Deus, o seu Deus.
8 Não o acuso pelos seus sacrifícios, nem pelos holocaustos, que você sempre me oferece.
9 Não tenho necessidade de nenhum novilho dos seus estábulos, nem dos bodes dos seus currais,
10 pois todos os animais da floresta são meus, como são as cabeças de gado aos milhares nas colinas.
11 Conheço todas as aves dos montes, e cuido das criaturas do campo.
12 Se eu tivesse fome, precisaria dizer a você? Pois o mundo é meu, e tudo o que nele existe.
13 Acaso como carne de touros ou bebo sangue de bodes?
14 Ofereça a Deus em sacrifício a sua gratidão, cumpra os seus votos para com o Altíssimo,
15 e clame a mim no dia da angústia; eu o livrarei, e você me honrará. "
16 Mas ao ímpio Deus diz: "Que direito você tem de recitar as minhas leis ou de ficar repetindo a minha aliança?
17 Pois você odeia a minha disciplina e dá as costas às minhas palavras!
18 Você vê um ladrão, e já se tornSalmos 51
 Ouvir
1 Tem misericórdia de mim, ó Deus, por teu amor; por tua grande compaixão apaga as minhas transgressões.
2 Lava-me de toda a minha culpa e purifica-me do meu pecado.
3 Pois eu mesmo reconheço as minhas transgressões, e o meu pecado sempre me persegue.
4 Contra ti, só contra ti, pequei e fiz o que tu reprovas, de modo que justa é a tua sentença e tens razão em condenar-me.
5 Sei que sou pecador desde que nasci, sim, desde que me concebeu minha mãe.
6 Sei que desejas a verdade no íntimo; e no coração me ensinas a sabedoria.
7 Purifica-me com hissopo, e ficarei puro; lava-me, e mais branco do que a neve serei.
8 Faze-me ouvir de novo júbilo e alegria; e os ossos que esmagaste exultarão.
9 Esconde o rosto dos meus pecados e apaga todas as minhas iniqüidades.
10 Cria em mim um coração puro, ó Deus, e renova dentro de mim um espírito estável.
11 Não me expulses da tua presença, nem tires de mim o teu Santo Espírito.
12 Devolve-me a alegria da tua salvação e sustenta-me com um espírito pronto a obedecer.
13 Então ensinarei os teus caminhos aos transgressores, para que os pecadores se voltem para ti.
14 Livra-me da culpa dos crimes de sangue, ó Deus, Deus da minha salvação! E a minha língua aclamará à tua justiça.
15 Ó Senhor, dá palavras aos meus lábios, e a minha boca anunciará o teu louvor.
16 Não te deleitas em sacrifícios nem te agradas em holocaustos, se não eu os traria.
17 Os sacrifícios que agradam a Deus são um espírito quebrantado; um coração quebrantado e contrito, ó Deus, não desprezarás.
18 Por tua boa vontade faze Sião prosperar; ergue os muros de Jerusalém.
19 Então te agradarás dos sacrifícios sinceros, das ofertas queimadas e dos holocaustos; e novilhos serão oferecidos sobre o teu altar.a seu cúmplice, e com adúlteros se mistura.
19 Sua boca está cheia de maldade e a sua língua formula a fraude.
20 Deliberadamente você fala contra o seu irmão e calunia o filho de sua própria mãe.
21 Ficaria eu calado diante de tudo o que você tem feito? Você pensa que eu sou como você? Mas agora eu o acusarei diretamente, sem omitir coisa alguma.
22 "Considerem isto, vocês que se esquecem de Deus; caso contrário os despedaçarei, sem que ninguém os livre.
23 Quem me oferece sua gratidão como sacrifício, honra-me, e eu mostrarei a salvação de Deus ao que anda nos meus caminhos. "

Salmos 51

1 Tem misericórdia de mim, ó Deus, por teu amor; por tua grande compaixão apaga as minhas transgressões.
2 Lava-me de toda a minha culpa e purifica-me do meu pecado.
3 Pois eu mesmo reconheço as minhas transgressões, e o meu pecado sempre me persegue.
4 Contra ti, só contra ti, pequei e fiz o que tu reprovas, de modo que justa é a tua sentença e tens razão em condenar-me.
5 Sei que sou pecador desde que nasci, sim, desde que me concebeu minha mãe.
6 Sei que desejas a verdade no íntimo; e no coração me ensinas a sabedoria.
7 Purifica-me com hissopo, e ficarei puro; lava-me, e mais branco do que a neve serei.
8 Faze-me ouvir de novo júbilo e alegria; e os ossos que esmagaste exultarão.
9 Esconde o rosto dos meus pecados e apaga todas as minhas iniqüidades.
10 Cria em mim um coração puro, ó Deus, e renova dentro de mim um espírito estável.
11 Não me expulses da tua presença, nem tires de mim o teu Santo Espírito.
12 Devolve-me a alegria da tua salvação e sustenta-me com um espírito pronto a obedecer.
13 Então ensinarei os teus caminhos aos transgressores, para que os pecadores se voltem para ti.
14 Livra-me da culpa dos crimes de sangue, ó Deus, Deus da minha salvação! E a minha língua aclamará à tua justiça.
15 Ó Senhor, dá palavras aos meus lábios, e a minha boca anunciará o teu louvor.
16 Não te deleitas em sacrifícios nem te agradas em holocaustos, se não eu os traria.
17 Os sacrifícios que agradam a Deus são um espírito quebrantado; um coração quebrantado e contrito, ó Deus, não desprezarás.
18 Por tua boa vontade faze Sião prosperar; ergue os muros de Jerusalém.
19 Então te agradarás dos sacrifícios sinceros, das ofertas queimadas e dos holocaustos; e novilhos serão oferecidos sobre o teu altar.





sábado, 16 de setembro de 2017

17 DE SETEMBRO - LEITURA BÍBLICA ANUAL - SALMOS 48 E 49.


Salmos 48

1 Grande é o Senhor, e digno de todo louvor na cidade do nosso Deus.
2 Seu santo monte, belo e majestoso, é a alegria da terra toda. Como as alturas do Zafom é o monte Sião, a cidade do grande Rei.
3 Nas suas cidadelas Deus se revela como sua proteção.
4 Vejam! Os reis somaram forças, e juntos avançaram contra ela.
5 Quando a viram, ficaram atônitos, fugiram aterrorizados.
6 Ali mesmo o pavor os dominou; contorceram-se como a mulher no parto.
7 Foste como o vento oriental quando destruiu os navios de Társis.
8 Como já temos ouvido, agora também temos visto na cidade do Senhor dos Exércitos, na cidade de nosso Deus: Deus a preserva firme para sempre. Pausa
9 No teu templo, ó Deus, meditamos em teu amor leal.
10 Como o teu nome, ó Deus, o teu louvor alcança os confins da terra; a tua mão direita está cheia de justiça.
11 O monte Sião se alegra, as cidades de Judá exultam por causa das tuas decisões justas.
12 Percorram Sião, contornando-a, contem as suas torres,
13 observem bem as suas muralhas, examinem as suas cidadelas, para que vocês falem à próxima geração
14 que este Deus é o nosso Deus para todo o sempre; ele será o nosso guia até o fim.

Salmos 49

1 Ouçam isto vocês, todos os povos; escutem, todos os que vivem neste mundo,
2 gente do povo, homens importantes, ricos e pobres igualmente:
3 A minha boca falará com sabedoria; a meditação do meu coração trará entendimento.
4 Inclinarei os meus ouvidos a um provérbio; com a harpa exporei o meu enigma:
5 Por que deverei temer quando vierem dias maus, quando inimigos traiçoeiros me cercarem,
6 aqueles que confiam em seus bens e se gabam de suas muitas riquezas?
7 Homem algum pode redimir seu irmão ou pagar a Deus o preço de sua vida,
8 pois o resgate de uma vida não tem preço. Não há pagamento que o livre
9 para que viva para sempre e não sofra decomposição.
10 Pois todos podem ver que os sábios morrem, como perecem o tolo e o insensato e para outros deixam os seus bens.
11 Seus túmulos serão suas moradas para sempre, suas habitações de geração em geração, ainda que tenham dado seus nomes a terras.
12 O homem, mesmo que muito importante, não vive para sempre; é como os animais, que perecem.
13 Este é o destino dos que confiam em si mesmos, e dos seus seguidores, que aprovam o que eles dizem. Pausa
14 Como ovelhas, estão destinados à sepultura, e a morte lhes servirá de pastor. Pela manhã os justos triunfarão sobre eles! A aparência deles se desfará na sepultura, longe das suas gloriosas mansões.
15 Mas Deus redimirá a minha vida da sepultura e me levará para si. Pausa
16 Não se aborreça quando alguém se enriquece e aumenta o luxo de sua casa;
17 pois nada levará consigo quando morrer; não descerá com ele o seu esplendor.
18 Embora em vida ele se parabenize: "Todos o elogiam, pois você está prosperando",
19 ele se juntará aos seus antepassados, que nunca mais verão a luz.
20 O homem, mesmo que muito importante, não tem entendimento; é como os animais, que perecem.



COMENTÁRIOS DA LEITURA BÍBLICA ANUAL: 16/09 – APOCALIPSE 5.

- Livro selado, ou com um lacre. Isso impede a pessoas que não tenham autoridade possam abrir o livro. Tanto no mundo material como no espiritual somente Cristo Jesus tem autoridade para abrir tanto esse livro. Esse livro não tem apenas um selo ou lacre, mas sim sete. 5 “E disse-me um dos anciãos: Não chores; eis aqui o Leão da tribo de Judá, a raiz de Davi, que venceu, para abrir o livro e desatar os seus sete selos.”

- Prostrar-se é ato de adoração, assim Cristo Jesus foi adorado em seu ministério terreno, está sendo adorado nos céus e o será por toda a eternidade. Aleluia! Veja como as suas, as minhas , as nossas orações chegam ao Trono da Graça: 8 "Logo que tomou o livro, os quatro seres viventes e os vinte e quatro anciãos prostraram-se diante do Cordeiro, tendo cada um deles uma harpa e taças de ouro cheias de incenso, que são as orações dos santos."

- Somente o Cordeiro, ninguém mais é digno, pois é o nosso único Senhor. Fomos comprados pelo Seu sangue. Glória ao Senhor! 9 “E cantavam um novo cântico, dizendo: Digno és de tomar o livro, e de abrir os seus selos; porque foste morto, e com o teu sangue nos compraste para Deus de toda a tribo, e língua, e povo, e nação”

- Novamente é repetido a posição dos salvos no Reino milenar algo que foi motivo de grande alegria para os irmãos daqueles tempos que receberam os escritos do Apocalipse em meio a muitas perseguições e provações. Também é para os salvos de ontem, de hoje e até o final dos tempos. 10 “E para o nosso Deus nos fizeste reis e sacerdotes; e reinaremos sobre a terra.”

- Milhões de milhões é um número muito grande. Multiplique milhões por milhões para ter uma pequena noção da grandeza desse número. E dos salvos milhares de milhares, também é um número muito grande. 11 “E olhei, e ouvi a voz de muitos anjos ao redor do trono, e dos animais, e dos anciãos; e era o número deles milhões de milhões, e milhares de milhares”

- Esse o momento em que a Bíblia diz: “...ao nome de Jesus se dobre todo joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai.” Filipenses 2:10,11 Todos vão adorar e confessar a Cristo Jesus como Senhor, mesmo os membros das seitas, das religiões, os ateus, os reis, governantes, etc. Será nesse momento: 13 “E ouvi a toda a criatura que está no céu, e na terra, e debaixo da terra, e que estão no mar, e a todas as coisas que neles há, dizer: Ao que está assentado sobre o trono, e ao Cordeiro, sejam dadas ações de graças, e honra, e glória, e poder para todo o sempre.”

- Vamos hoje também nos prostrar em adoração àquele que nos resgatou para Si.

14 "E os quatro animais diziam: Amém. E os vinte e quatro anciãos prostraram-se, e adoraram ao que vive para todo o sempre."

Ivo Gomes do Prado.

DEVOCIONAL DA MANHÃ - CONTE TUDO PARA DEUS

Filipenses 4.6-7 
“Não andeis ansiosos por motivo algum; pelo contrário, sejam todas as vossas solicitações declaradas na presença de Deus por meio de oração e súplicas com ações de graça. E a paz de Deus, que ultrapassa todo entendimento, guardará o vosso coração e os vossos pensamentos em Cristo Jesus.”
O ser humano é muito complicado! Por mais que Deus fale conosco em orações, palavras e canções parecem que não é o suficiente! Somos teimosos!!! Deus sempre vem e diz: Não temas! Não turbe o vosso coração! Vinde a mim! E por ai vai... Mas passado algumas horas, dias ou semanas ficamos questionando, não conseguimos controlar tamanha ansiedade.
Nesse versículo acima vemos uma instrução: NÃO ANDEIS ANSIOSOS POR MOTIVO ALGUM, PELO CONTRARIO FALE PARA DEUS TODAS AS VOSSAS NECESSIDADES, ANSIEDADES, MEDOS E SENTIMENTOS... PARA QUE A PAZ DE DEUS REINE EM NOSSOS CORAÇÕES!
Porque temos tanta facilidade de se expor ligando ou procurando uma pessoa ou desabafando nas redes sociais? Será que isso vai trazer paz? Temos exposto a nossa vida para tantas pessoas e acabamos nos esquecendo de quem realmente deve saber as nossas necessidades, quem realmente pode nos ajudar!
Vamos refletir! Deus esta interessado em nos ajudar, mas não temos corrido para desabafar para ele!
A língua pode coçar, os dedos podem ficar agitados, mas não se exponha, conte seus problemas para Deus, somente ele tem a VERDADEIRA PAZ!
VAMOS ORAR
- Senhor Deus, obrigado por esta promessa, mas gostaria de dizer que muitas vezes isso não tem se cumprido em minha vida. Nem sempre Sua paz está presente no meu coração e na minha mente. Então peço em nome de Jesus, que, por favor, o Senhor faça cumprir Sua Palavra, e afaste de mim todo pensamento e todo sentimento que têm me causado opressão, tristeza, desânimo e angustia. Em nome de Jesus eu oro. Amém!
(Michelle Coutinho)
Tenha um excelente dia!
Mensagens que edificam Cristãos Despertai - Evangelismo

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

16 DE SETEMBRO - LEITURA BÍBLICA ANUAL - SALMOS 46 E 47.


Salmos 46

1 Deus é o nosso refúgio e a nossa fortaleza, auxílio sempre presente na adversidade.
2 Por isso não temeremos, embora a terra trema e os montes afundem no coração do mar,
3 embora estrondem as suas águas turbulentas e os montes sejam sacudidos pela sua fúria. Pausa
4 Há um rio cujos canais alegram a cidade de Deus, o Santo Lugar onde habita o Altíssimo.
5 Deus nela está! Não será abalada! Deus vem em seu auxílio desde o romper da manhã.
6 Nações se agitam, reinos se abalam; ele ergue a voz, e a terra se derrete.
7 O Senhor dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é a nossa torre segura. Pausa
8 Venham! Vejam as obras do Senhor, seus feitos estarrecedores na terra.
9 Ele dá fim às guerras até os confins da terra; quebra o arco e despedaça a lança, destrói os escudos com fogo.
10 "Parem de lutar! Saibam que eu sou Deus! Serei exaltado entre as nações, serei exaltado na terra. "
11 O Senhor dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é a nossa torre segura. Pausa

Salmos 47

1 Batam palmas, vocês, todos os povos; aclamem a Deus com cantos de alegria.
2 Pois o Senhor Altíssimo é temível, é o grande Rei sobre toda a terra!
3 Ele subjugou as nações ao nosso poder, os povos colocou debaixo de nossos pés,
4 e escolheu para nós a nossa herança, o orgulho de Jacó, a quem amou. Pausa
5 Deus subiu em meio a gritos de alegria; o Senhor, em meio ao som de trombetas.
6 Ofereçam música a Deus, cantem louvores! Ofereçam música ao nosso Rei, cantem louvores!
7 Pois Deus é o rei de toda a terra; cantem louvores com harmonia e arte.
8 Deus reina sobre as nações; Deus está assentado em seu santo trono.
9 Os soberanos das nações se juntam ao povo do Deus de Abraão, pois os governantes da terra pertencem a Deus; ele é soberanamente exaltado.



quinta-feira, 14 de setembro de 2017

15 DE SETEMBRO - LEITURA BÍBLICA ANUAL - SALMOS 44 E 45.

Salmos 44
1 Com os nossos próprios ouvidos ouvimos, ó Deus; os nossos antepassados nos contaram os feitos que realizaste no tempo deles, nos dias da antigüidade.
2 Com a tua própria mão expulsaste as nações para estabelecer os nossos antepassados; arruinaste povos e fizeste prosperar os nossos antepassados.
3 Não foi pela espada que conquistaram a terra, nem pela força do braço que alcançaram a vitória; foi pela tua mão direita, pelo teu braço, e pela luz do teu rosto, por causa do teu amor para com eles.
4 És tu, meu Rei e meu Deus! Tu decretas vitórias para Jacó!
5 Contigo pomos em fuga os nossos adversários; pelo teu nome pisoteamos os que nos atacam.
6 Não confio em meu arco, minha espada não me concede a vitória;
7 mas tu nos concedes a vitória sobre os nossos adversários e humilhas os que nos odeiam.
8 Em Deus nos gloriamos o tempo todo, e louvaremos o teu nome para sempre. Pausa
9 Mas agora nos rejeitaste e nos humilhaste; já não sais com os nossos exércitos.
10 Diante dos nossos adversários fizeste-nos bater em retirada, e os que nos odeiam nos saquearam.
11 Tu nos entregaste para sermos devorados como ovelhas e nos dispersaste entre as nações.
12 Vendeste o teu povo por uma ninharia, nada lucrando com a sua venda.
13 Tu nos fizeste objeto de vergonha dos nossos vizinhos, de zombaria e menosprezo dos que nos rodeiam.
14 Fizeste de nós um provérbio entre as nações; os povos meneiam a cabeça quando nos vêem.
15 Sofro humilhação o tempo todo, e o meu rosto está coberto de vergonha
16 por causa da zombaria dos que me censuram e me provocam, por causa do inimigo, que busca vingança.
17 Tudo isso aconteceu conosco, sem que nos tivéssemos esquecido de ti, nem tivéssemos traído a tua aliança.
18 Nossos corações não voltaram atrás, nem os nossos pés se desviaram da tua vereda.
19 Todavia, tu nos esmagaste e fizeste de nós um covil de chacais e de densas trevas nos cobriste.
20 Se tivéssemos esquecido o nome do nosso Deus e tivéssemos estendido as nossas mãos a um deus estrangeiro,
21 Deus não o teria descoberto? Pois ele conhece os segredos do coração!
22 Contudo, por amor de ti enfrentamos a morte todos os dias; somos considerados como ovelhas destinadas ao matadouro.
23 Desperta, Senhor! Por que dormes? Levanta-te! Não nos rejeites para sempre.
24 Por que escondes o teu rosto e esqueces o nosso sofrimento e a nossa aflição?
25 Fomos humilhados até o pó; nossos corpos se apegam ao chão.
26 Levanta-te! Socorre-nos! Resgata-nos por causa da tua fidelidade.

Salmos 45

1 Com o coração vibrando de boas palavras recito os meus versos em honra do rei; seja a minha língua como a pena de um hábil escritor.
2 És dos homens o mais notável; derramou-se graça em teus lábios, visto que Deus te abençoou para sempre.
3 Prende a espada à cintura, ó poderoso! Cobre-te de esplendor e majestade.
4 Na tua majestade cavalga vitoriosamente pela verdade, pela misericórdia e pela justiça; que a tua mão direita realize feitos gloriosos.
5 Tuas flechas afiadas atingem o coração dos inimigos do rei; debaixo dos teus pés caem nações.
6 O teu trono, ó Deus, subsiste para todo o sempre; cetro de justiça é o cetro do teu reino.
7 Amas a justiça e odeias a iniqüidade; por isso Deus, o teu Deus, escolheu-te dentre os teus companheiros ungindo-te com óleo de alegria.
8 Todas as tuas vestes exalam aroma de mirra, aloés e cássia; nos palácios adornados de marfim ressoam os instrumentos de corda que te alegram.
9 Filhas de reis estão entre as mulheres da tua corte; à tua direita está a noiva real enfeitada de ouro puro de Ofir.
10 Ouça, ó filha, considere e incline os seus ouvidos: Esqueça o seu povo e a casa paterna.
11 O rei foi cativado pela sua beleza; honre-o, pois ele é o seu senhor.
12 A cidade de Tiro trará seus presentes; seus moradores mais ricos buscarão o seu favor.
13 Cheia de esplendor está a princesa em seus aposentos, com vestes enfeitadas de ouro.
14 Em roupas bordadas é conduzida ao rei, acompanhada de um cortejo de virgens; são levadas à tua presença.
15 Com alegria e exultação são conduzidas ao palácio do rei.
16 Os teus filhos ocuparão o trono dos teus pais; por toda a terra os farás príncipes.
17 Perpetuarei a tua lembrança por todas as gerações; por isso as nações te louvarão para todo o sempre.