terça-feira, 28 de dezembro de 2010

"Zaqueu X Ano Novo".

"Zaqueu X Ano Novo".
PR TIMOFEI DIACOV

“E procurava ver quem era Jesus, e não podia, por causa da multidão, pois era de pequena estatura. E, correndo adiante, subiu a um sicômoro para O ver; porque havia de passar por ali. E quando Jesus chegou àquele lugar, olhando para cima, viu-o e disse-lhe: Zaqueu desce depressa, porque hoje me convém pousar em tua casa. E, apressando-se, desceu, e recebeu-O alegremente. E, vendo todos isto, murmuravam, dizendo que entrara para ser hóspede de um homem pecador. E, levantando-se Zaqueu, disse ao Senhor: Senhor, eis que eu dou aos pobres, metade dos meus bens; e, se nalguma coisa tenho defraudado alguém, o restituo quadruplicado. E disse-lhe Jesus: Hoje veio a salvação a esta casa, pois também este é filho de Abraão” (Lucas 19: 3ª9). Qual é a relação entre Zaqueu e o Ano Novo? Quando formulamos votos de um feliz Ano Novo, deve ser no mesmo espírito que caracterizou a atitude de Zaqueu, ele era um tipo de comerciante, para ser mais exato, era chefe de um grupo de funcionários públicos, ganhando um bom salário; porém vivia insatisfeito com a própria vida. Ele desejava passar por uma radical mudança de vida, pois experimentara que o dinheiro não produz felicidade. Algo tinha que ser feito, como? Quem o faria?

Feliz Ano Novo: Quem o fará? Para Zaqueu, terminava o Ano Velho, entrava Ano Novo, e tudo continuava uma rotina. Hoje, não acontece o mesmo? Formulamos fotos, e a situação continua a mesma, quando não, pior. Ano próximo passado, quantos votos foram formulados? No fim do ano, o saldo é negativo: Roubos, assaltos, assassinatos, tragédias umas piores que outras. E os votos? Um simples voto não produz mudanças radicais. Algo está errado. É preciso que o homem pare, reflita e reconheça a existência de um Ser Superior, que ultrapasse as fronteiras dos nossos desejos. Vale citar as palavras de Jesus: “Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer” (João15: 5). Não basta dizer eu sou de Jesus; eu creio em Deus; que Deus te abençoe; que o ano seja feliz repleto de bênçãos, de prosperidade. Tudo não passa de falácia. O que Deus quer de cada pessoa, é que esta O ame de coração; pois o que se vê por aí é a falta de uma vivência cristã séria e genuína. Tanto o Natal como o Ano Novo, tem começado com festas, porém, o Criador fica de lado.

O profeta Oséias, diz que o homem está sendo destruído porque está lhe faltando o conhecimento de Deus. Queremos um Ano Feliz, então, busquemos a felicidade. Zaqueu tinha tudo, menos o conhecimento do Deus verdadeiro; obstáculos, não lhe faltavam, inclusive preconceitos; inimigos de todos os lados. Um dia ouviu o conselho de um amigo, que fosse procurar Jesus, e Ele mudaria radicalmente a sua situação; pois ele precisava reagir e não ficar aguardando os acontecimentos. Foi a Jesus, e Este prontamente o atendeu. Então ele sentiu que precisava abrir o coração para Deus. Doravante a sua vida deixou de ser “Vem a nós o reino de Deus, a prosperidade, muito dinheiro no bolso, saúde pra dar e vender; pelo contrário”: ”Senhor, eis que eu dou aos pobres a metade dos meus bens; e, se nalguma coisa tenho defraudado alguém, o restituo quadruplicado”. O que com isto Zaqueu nos ensina, é que não basta desejar ou formular votos, mas, entrar em ação. Enquanto o mundo não entender esta verdade, as coisas irão de mal a pior.

Distinto leitor, você deseja que este ano, de 2.011, traga saúde, prosperidade econômica, social, comercial e religiosa; e que sua família seja bem sucedida, que seus filhos não sejam envolvidos com as drogas, faça a sua parte, procure a Jesus e não seja um cristão de lábios, pois Deus está pronto para abençoá-lo, uma vez que, enviou Jesus a este mundo para trazer solução de problemas. Ora, se Zaqueu permanecesse sem a reação, possivelmente iria de mal a pior; e assim na sociedade de então, seria mais um daqueles que naufragam na vida. Pedimos a Deus que de fato, este ano tudo tenha uma mudança radical; e que Deus seja honrado. E que você seja mais um Zaqueu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário