domingo, 21 de fevereiro de 2010

MANUSCRITOS DO MAR MORTO

MANUSCRITOS DO MAR MORTO

Graça e paz aos amados em Cristo Jesus, nosso Senhor,

Você por certo já ouviu falar dos manuscritos do Mar Morto, mas ainda não sabe ao certo do que se trata. Abaixo colocamos um artigo, o primeiro de uma série, que fala o básico sobre essa importante descoberta. Estamos enviando aos amados por tratar-se de matéria de conhecimento sobre textos bíblicos e como eles chegaram até nós através de muitas fontes, visto que os originais não mais existem. O que existem apenas cópias também chamadas de manuscritos. E a Bíblia é a Palavra de Deus escrita em seus originais. Essa é a razão de termos várias versões da Bíblia atualmente. Mas todas baseadas em manuscritos altamente confiáveis e algumas atualizações já incorporaram em seus textos muito do que foi encontrado do Antigo Testamento.
Boa leitura.
No Senhor,
Ivo Prado.



http://www.informativobatista.com/news.php?readmore=910
Manuscritos do Mar Morto - I

“Fragmentos da Fé” diz o título e, seguindo, o escrito: “Descobertos por acaso por pastores em 1947, os Manuscritos do Mar Morto fizeram com que judeus e católicos revissem a história de suas religiões. Ainda não totalmente decifrados por pesquisadores, eles estarão em breve disponíveis na Internet.
Desde o século dezenove, apenas dois grupos de pessoas circulavam pela desértica vizinhança das ruínas de Qumram, a noroeste do Mar Morto: arqueólogos e pastores beduínos. Depois de mais de cinco décadas de exploração, o primeiro grupo de profissionais concluiu que aquela região da Palestina (atualmente em território israelense), chamada de Cidade do Sal na Bíblia, fora um pequeno forte romano. Os outros trabalhadores não se preocupavam com isto. Estavam sempre de passagem pastoreando cabras, no trajeto entre o rio Jordão e Belém. Costumavam acampar à margem do lago, enquanto os animais matavam a sede em uma das maiores nascentes locais, a cerca de um quilômetro das ruínas. Mas, foram justamente eles, os pastores beduínos, que fizeram em Qumram a maior descoberta arqueológica do século vinte. E tudo por causa de uma cabra desgarrada.
No fim de uma tarde de 1947, o animal subiu os rochedos pedregosos de Qumram e desapareceu da vista do pastor, Juma Muhammed Khalil. A noite caía e Khalil precisava reunir o rebanho para voltar ao acampamento. Depois de subir cerca de 100 metros em busca da cabra, viu dois buracos na pedra. Eram cavernas. Se a cabra estivesse escondida ali, não seria fácil recuperá-la. As aberturas eram estreitas e ficavam nas partes mais acidentadas da montanha. O pastor então atirou uma pedra dentro de um dos buracos. Mas, em vez de um balido da cabra, ouviu um barulho de cerâmica se quebrando. Seria um tesouro escondido? Era tarde para descobrir. Começava a escurecer e Khalil tinha medo de entrar na caverna e não conseguir sair - e a curiosidade mataria um beduíno no deserto da Judeia. O melhor seria retornar ao acampamento de sua tribo Tamireh, às margens do Mar Morto. E foi exatamente o que ele fez, mas resolvido a voltar no dia seguinte.
Ao chegar ao acampamento, o muçulmano Khalil contou o que tinha acontecido para seus primos. O mais jovem, Muhammed Almed el Hamed, apelidado de ‘O Lobo’, mal conseguiu dormir com a notícia. Passou a noite sonhando com o tesouro. Ao amanhecer, antes que os outros acordassem, El Hamed seguiu sozinho para os rochedos e encontrou os tais buracos. Com esforço entrou por um deles e caiu entre entulhos e estranhos jarros de barro. Ansioso, o pastor vasculhou um por um os jarros. Alguns estavam vazios, outros continham manuscritos em pergaminho ou pele de animal. Nada de ouro ou pedras preciosas. (Continua nos próximos artigos).

Carlo de Abreu Lopes é missionário credenciado pelo Conselho de Pastores de Uberaba

Fonte: http://www.jornaldeuberaba.com.br/?MENU=CadernoA&SUBMENU=Opiniao&CODIGO=28513

LEITURA BÍBLICA 2010 - 22/02/2010

Romanos 12.1 - "Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus que apresenteis os vossos corpos por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional."

LEITURA BÍBLICA ANUAL - 2010

Dia 22/02/2010 - Levítico 1-4


LEVÍTICO 01:


Os holocaustos

1 E CHAMOU o SENHOR a Moisés, e falou com ele da tenda da congregação, dizendo:
2 Fala aos filhos de Israel, e dize-lhes: Quando algum de vós oferecer oferta ao SENHOR, oferecerá a sua oferta de gado, isto é, de gado vacum e de ovelha.
3 Se a sua oferta for holocausto de gado, oferecerá macho sem defeito(a); à porta da tenda da congregação a oferecerá, de sua própria vontade, perante o SENHOR.
4 E porá a sua mão sobre a cabeça do holocausto, para que seja aceito a favor dele, para a sua expiação.
5 Depois degolará o bezerro perante o SENHOR; e os filhos de Arão, os sacerdotes, oferecerão o sangue, e espargirão o sangue em redor sobre o altar que está diante da porta da tenda da congregação.
6 Então esfolará o holocausto, e o partirá nos seus pedaços.
7 E os filhos de Arão, o sacerdote, porão fogo sobre o altar, pondo em ordem a lenha sobre o fogo.
8 Também os filhos de Arão, os sacerdotes, porão em ordem os pedaços, a cabeça e o redenho sobre a lenha que está no fogo em cima do altar;
9 Porém a sua fressura e as suas pernas lavar-se-ão com água; e o sacerdote tudo isso queimará sobre o altar; holocausto é, oferta queimada, de cheiro suave ao SENHOR.
10 E se a sua oferta for de gado miúdo, de ovelhas ou de cabras, para holocausto, oferecerá macho sem defeito(a).
11 E o degolará ao lado do altar que dá para o norte, perante o SENHOR; e os filhos de Arão, os sacerdotes, espargirão o seu sangue em redor sobre o altar.
12 Depois o partirá nos seus pedaços, como também a sua cabeça e o seu redenho; e o sacerdote os porá em ordem sobre a lenha que está no fogo sobre o altar;
13 Porém a fressura e as pernas lavar-se-ão com água; e o sacerdote tudo oferecerá, e o queimará sobre o altar; holocausto é, oferta queimada, de cheiro suave ao SENHOR.
14 E se a sua oferta ao SENHOR for holocausto de aves, oferecerá a sua oferta de rolas ou de pombinhos;
15 E o sacerdote a oferecerá sobre o altar, e tirar-lhe-á a cabeça, e a queimará sobre o altar; e o seu sangue será espremido na parede do altar;
16 E o seu papo com as suas penas tirará e o lançará junto ao altar, para o lado do oriente, no lugar da cinza;
17 E fendê-la-á junto às suas asas, porém não a partirá; e o sacerdote a queimará em cima do altar sobre a lenha que está no fogo; holocausto é, oferta queimada de cheiro suave ao SENHOR.(b)



LEVÍTICO 02:


Ofertas de manjares ou cereais

1 E QUANDO alguma pessoa oferecer oferta de alimentos ao SENHOR, a sua oferta será de flor de farinha, e nela deitará azeite, e porá o incenso sobre ela;
2 E a trará aos filhos de Arão, os sacerdotes, um dos quais tomará dela um punhado da flor de farinha, e do seu azeite com todo o seu incenso; e o sacerdote a queimará como memorial sobre o altar; oferta queimada é, de cheiro suave ao SENHOR.
3 E o que sobejar da oferta de alimentos, será de Arão e de seus filhos; coisa santíssima é, das ofertas queimadas ao SENHOR.
4 E, quando ofereceres oferta de alimentos, cozida no forno, será de bolos ázimos (sem fermento) de flor de farinha, amassados com azeite, e coscorões ázimos untados com azeite.
5 E, se a tua oferta for oferta de alimentos cozida na caçoula, será da flor de farinha sem fermento, amassada com azeite.
6 Em pedaços a partirás, e sobre ela deitarás azeite; oferta é de alimentos.
7 E, se a tua oferta for oferta de alimentos de frigideira, far-se-á da flor de farinha com azeite.
8 Então trarás a oferta de alimentos, que se fará daquilo, ao SENHOR; e se apresentará ao sacerdote, o qual a levará ao altar.
9 E o sacerdote tomará daquela oferta de alimentos como memorial, e a queimará sobre o altar; oferta queimada é de cheiro suave ao SENHOR.
10 E, o que sobejar da oferta de alimentos, será de Arão e de seus filhos; coisa santíssima é, das ofertas queimadas ao SENHOR.
11 Nenhuma oferta de alimentos, que oferecerdes ao SENHOR, se fará com fermento; porque de nenhum fermento, nem de mel algum, oferecereis oferta queimada ao SENHOR.
12 Deles oferecereis ao SENHOR por oferta das primícias; porém sobre o altar não subirão por cheiro suave.
13 E todas as tuas ofertas dos teus alimentos temperarás com sal; e não deixarás faltar à tua oferta de alimentos o sal da aliança do teu Deus; em todas as tuas ofertas oferecerás sal.
14 E, se fizeres ao SENHOR oferta de alimentos das primícias, oferecerás como oferta de alimentos das tuas primícias de espigas verdes, tostadas ao fogo; isto é, do grão trilhado de espigas verdes cheias.
15 E sobre ela deitarás azeite, e porás sobre ela incenso; oferta é de alimentos.
16 Assim o sacerdote queimará o seu memorial do seu grão trilhado, e do seu azeite, com todo o seu incenso; oferta queimada é ao SENHOR.



LEVÍTICO 03:


Os sacrifícios pacíficos ou A oferta de comunhão

1 E SE a sua oferta for sacrifício pacífico; se a oferecer de gado, macho ou fêmea, a oferecerá sem defeito diante do SENHOR.
2 E porá a sua mão sobre a cabeça da sua oferta, e a degolará diante da porta da tenda da congregação; e os filhos de Arão, os sacerdotes, espargirão o sangue sobre o altar em redor.
3 Depois oferecerá, do sacrifício pacífico, a oferta queimada ao SENHOR; a gordura que cobre a fressura, e toda a gordura que está sobre a fressura,
4 E ambos os rins, e a gordura que está sobre eles, e junto aos lombos, e o redenho que está sobre o fígado com os rins, tirará.
5 E os filhos de Arão queimarão isso sobre o altar, em cima do holocausto, que estará sobre a lenha que está no fogo; oferta queimada é de cheiro suave ao SENHOR.
6 E se a sua oferta for de gado miúdo por sacrifício pacífico ao SENHOR, seja macho ou fêmea, sem defeito o oferecerá.
7 Se oferecer um cordeiro por sua oferta, oferecê-lo-á perante o SENHOR;
8 E porá a sua mão sobre a cabeça da sua oferta, e a degolará diante da tenda da congregação; e os filhos de Arão espargirão o seu sangue sobre o altar em redor.
9 Então, do sacrifício pacífico, oferecerá ao SENHOR, por oferta queimada, a sua gordura, a cauda toda, a qual tirará do espinhaço, e a gordura que cobre a fressura, e toda a gordura que está sobre a fressura;
10 Como também ambos os rins, e a gordura que está sobre eles, e junto aos lombos, e o redenho que está sobre o fígado com os rins, tirá-los-á.
11 E o sacerdote queimará isso sobre o altar; alimento é da oferta queimada ao SENHOR.
12 Mas, se a sua oferta for uma cabra, perante o SENHOR a oferecerá,
13 E porá a sua mão sobre a sua cabeça, e a degolará diante da tenda da congregação; e os filhos de Arão espargirão o seu sangue sobre o altar em redor.
14 Depois oferecerá dela a sua oferta por oferta queimada ao SENHOR, a gordura que cobre a fressura, e toda a gordura que está sobre a fressura;
15 Como também ambos os rins, e a gordura que está sobre eles, e junto aos lombos, e o redenho que está sobre o fígado com os rins, tirá-los-á.
16 E o sacerdote o queimará sobre o altar; alimento é da oferta queimada de cheiro suave. Toda a gordura será do SENHOR.
17 Estatuto perpétuo é pelas vossas gerações, em todas as vossas habitações: nenhuma gordura nem sangue algum comereis.



LEVÍTICO 04:


A oferta pelo pecado

1 FALOU mais o SENHOR a Moisés, dizendo:
2 Fala aos filhos de Israel, dizendo: Quando uma alma pecar, por ignorância, contra alguns dos mandamentos do SENHOR, acerca do que não se deve fazer, e proceder contra algum deles;
3 Se o sacerdote ungido pecar para escândalo do povo, oferecerá ao SENHOR, pelo seu pecado, que cometeu, um novilho sem defeito, por expiação do pecado.
4 E trará o novilho à porta da tenda da congregação, perante o SENHOR, e porá a sua mão sobre a cabeça do novilho, e degolará o novilho perante o SENHOR.
5 Então o sacerdote ungido tomará do sangue do novilho, e o trará à tenda da congregação;
6 E o sacerdote molhará o seu dedo no sangue, e daquele sangue espargirá sete vezes perante o SENHOR diante do véu do santuário.
7 Também o sacerdote porá daquele sangue sobre as pontas do altar do incenso aromático, perante o SENHOR que está na tenda da congregação; e todo o restante do sangue do novilho derramará à base do altar do holocausto, que está à porta da tenda da congregação.
8 E tirará toda a gordura do novilho da expiação; a gordura que cobre a fressura, e toda a gordura que está sobre a fressura,
9 E os dois rins, e a gordura que está sobre eles, que está junto aos lombos, e o redenho de sobre o fígado, com os rins, tirá-los-á,
10 Como se tira do boi do sacrifício pacífico; e o sacerdote os queimará sobre o altar do holocausto.
11 Mas o couro do novilho, e toda a sua carne, com a sua cabeça e as suas pernas, e as suas entranhas, e o seu esterco,
12 Enfim, o novilho todo levará fora do arraial a um lugar limpo, onde se lança a cinza, e o queimará com fogo sobre a lenha; onde se lança a cinza se queimará.
13 Mas, se toda a congregação de Israel pecar por ignorância, e o erro for oculto aos olhos do povo, e se fizerem contra alguns dos mandamentos do SENHOR, aquilo que não se deve fazer, e forem culpados,
14 E quando o pecado que cometeram for conhecido, então a congregação oferecerá um novilho, por expiação do pecado, e o trará diante da tenda da congregação,
15 E os anciãos da congregação porão as suas mãos sobre a cabeça do novilho perante o SENHOR; e degolar-se-á o novilho perante o SENHOR.
16 Então o sacerdote ungido trará do sangue do novilho à tenda da congregação,
17 E o sacerdote molhará o seu dedo naquele sangue, e o espargirá sete vezes perante o SENHOR, diante do véu.
18 E daquele sangue porá sobre as pontas do altar, que está perante a face do SENHOR, na tenda da congregação; e todo o restante do sangue derramará à base do altar do holocausto, que está diante da porta da tenda da congregação.
19 E tirará dele toda a sua gordura, e queimá-la-á sobre o altar;
20 E fará a este novilho, como fez ao novilho da expiação; assim lhe fará, e o sacerdote por eles fará propiciação, e lhes será perdoado o pecado.
21 Depois levará o novilho fora do arraial, e o queimará como queimou o primeiro novilho; é expiação do pecado da congregação.
22 Quando um príncipe pecar, e por ignorância proceder contra algum dos mandamentos do SENHOR seu Deus, naquilo que não se deve fazer, e assim for culpado;
23 Ou se o pecado que cometeu lhe for notificado, então trará pela sua oferta um bode tirado das cabras, macho sem defeito;
24 E porá a sua mão sobre a cabeça do bode, e o degolará no lugar onde se degola o holocausto, perante a face do SENHOR; expiação do pecado é.
25 Depois o sacerdote com o seu dedo tomará do sangue da expiação, e o porá sobre as pontas do altar do holocausto; então o restante do seu sangue derramará à base do altar do holocausto.
26 Também queimará sobre o altar toda a sua gordura como gordura do sacrifício pacífico; assim o sacerdote por ele fará expiação do seu pecado, e lhe será perdoado.
27 E, se qualquer pessoa do povo da terra pecar por ignorância, fazendo contra algum dos mandamentos do SENHOR, aquilo que não se deve fazer, e assim for culpada;
28 Ou se o pecado que cometeu lhe for notificado, então trará pela sua oferta uma cabra sem defeito, pelo seu pecado que cometeu,
29 E porá a sua mão sobre a cabeça da oferta da expiação do pecado, e a degolará no lugar do holocausto.
30 Depois o sacerdote com o seu dedo tomará do seu sangue, e o porá sobre as pontas do altar do holocausto; e todo o restante do seu sangue derramará à base do altar;
31 E tirará toda a gordura, como se tira a gordura do sacrifício pacífico; e o sacerdote a queimará sobre o altar, por cheiro suave ao SENHOR; e o sacerdote fará expiação por ela, e ser-lhe-á perdoado o pecado.
32 Mas, se pela sua oferta trouxer uma cordeira para expiação do pecado, sem defeito trará.
33 E porá a sua mão sobre a cabeça da oferta da expiação do pecado, e a degolará por oferta pelo pecado, no lugar onde se degola o holocausto.
34 Depois o sacerdote com o seu dedo tomará do sangue da expiação do pecado, e o porá sobre as pontas do altar do holocausto; então todo o restante do seu sangue derramará na base do altar.
35 E tirará toda a sua gordura, como se tira a gordura do cordeiro do sacrifício pacífico; e o sacerdote a queimará sobre o altar, em cima das ofertas queimadas do SENHOR; assim o sacerdote por ele fará expiação dos seus pecados que cometeu, e ele será perdoado.

(a) 1:3,10 - Macho sem defeito - Era sem dúvida alguma o melhor animal e da melhor carne. Assim como os israelitas deveriam oferecer os melhor animais para Deus, assim também nós hoje devemos oferecer o nosso melhor para o Senhor. Ele não se agrada de nossos restos, de nossas sobras. O que temos oferecido para o Senhor?

(b) 1:17 - Holocaustos são as ofertas de animais que eram queimados no altar até virarem cinzas. Esse é o sentido do sacrifício mencionado em Romanos 12.1 - "Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus que apresenteis os vossos corpos por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional." - Para agradar ao Senhor precisamos nos colocar voluntariamente no altar do Senhor para a oferta queimada, até virarmos cinzas, até perdermos nossas identidades. Só assim o Senhor agirá em nossas vidas, cumprindo a Sua vontade e não mais da nossa. Enquanto apresentarmos os nossos frutos, as nossas vestes, os nossos trapos imundos, não seremos aceitos. O frutificar do Espírito Santo com o seu fruto das sete facetas do amor, será a maior das obras nossas. É pelo amor que apresentamos o fruto e os dons, duas faces de uma mesma moeda.

Queimando no Altar do Senhor,
Ivo Prado.


Versão bíblica de João Ferreira de Almeida - Corrigida e Fiel - 2004.
Comentários, subtítulos e anotações por Ivo Prado.
http://www.comunidadeabiblia.net/
Sistema operacional Linux - Ubuntu






sábado, 20 de fevereiro de 2010

Estai, pois, firmes na liberdade com que Cristo nos libertou, e não torneis a colocar-vos debaixo do jugo da servidão.

LEITURA BÍBLICA ANUAL - 2010

Leitura anual da Bíblia

Dia 21/02/2010 – Gálatas capítulos 3 a 6.

Graça e paz amados irmãos em Cristo Jesus, o nosso Senhor.
Vamos ler hoje os três últimos capítulos da carta do apóstolo Paulo dirigida às Igrejas da Galácia, região central da Ásia Menor. Inclui as cidades de Icônio, Lista e Derbe. Receberam o evangelho puro de Paulo, o evangelho da graça, mas pela ação infeliz de alguns "cristãos" judaizantes, rapidamente muitos estavam aceitando o "evangelho das obras", pela Lei e por boas obras apenas, e não mais através da graça e santificação pelo Espírito que leva às boas obras, ao fruto do Espírito. Hoje ainda vemos muitos "cristãos" que pensam que suas boas obras o levarão à salvação, à santificação. Mas é justamente o contrário, é pelo ser cheio do Espírito que chegamos às boas obras, e a salvação é dada quando cremos e nascemos de novo e nos tornamos filhos de Deus. E filho nunca perde esta condição. Se "perde" é porque nunca realmente foi filho de Deus, apenas joio, apenas morno.
Em Cristo Jesus nosso irmão mais velho, o primogênito,

Assis, 20/02/2010 - Ivo Prado -

GÁLATAS 04:

1 DIGO, pois, que todo o tempo que o herdeiro é menino em nada difere do servo, ainda que seja senhor de tudo;

2 Mas está debaixo de tutores e curadores até ao tempo determinado pelo pai.

3 Assim também nós, quando éramos meninos, estávamos reduzidos à servidão debaixo dos primeiros rudimentos do mundo.

4 Mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei,

5 Para remir os que estavam debaixo da lei, a fim de recebermos a adoção de filhos.

6 E, porque sois filhos, Deus enviou aos vossos corações o Espírito de seu Filho, que clama: Aba, Pai.

7 Assim que já não és mais servo, mas filho; e, se és filho, és também herdeiro de Deus por Cristo.(a)

8 Mas, quando não conhecíeis a Deus, servíeis aos que por natureza não são deuses.

9 Mas agora, conhecendo a Deus, ou, antes, sendo conhecidos por Deus (b), como tornais outra vez a esses rudimentos fracos e pobres, aos quais de novo quereis servir?

10 Guardais dias, e meses, e tempos, e anos. (c)

11 Receio de vós, que não haja trabalhado em vão para convosco.

12 Irmãos, rogo-vos que sejais como eu, porque também eu sou como vós; nenhum mal me fizestes.

13 E vós sabeis que primeiro vos anunciei o evangelho estando em fraqueza da carne;

14 E não rejeitastes, nem desprezastes isso que era uma tentação na minha carne, antes me recebestes como um anjo de Deus, como Jesus Cristo mesmo.

15 Qual é, logo, a vossa bem-aventurança? Porque vos dou testemunho de que, se possível fora, arrancaríeis os vossos olhos, e mos daríeis.

16 Fiz-me acaso vosso inimigo, dizendo a verdade?

17 Eles têm zelo por vós, não como convém; mas querem excluir-vos, para que vós tenhais zelo por eles.

18 É bom ser zeloso, mas sempre do bem, e não somente quando estou presente convosco.

19 Meus filhinhos, por quem de novo sinto as dores de parto, até que Cristo seja formado em vós;

20 Eu bem quisera agora estar presente convosco, e mudar a minha voz; porque estou perplexo a vosso respeito.

21 Dizei-me, os que quereis estar debaixo da lei, não ouvis vós a lei?

22 Porque está escrito que Abraão teve dois filhos, um da escrava, e outro da livre.

23 Todavia, o que era da escrava nasceu segundo a carne, mas, o que era da livre, por promessa.

24 O que se entende por alegoria; porque estas são as duas alianças; uma, do monte Sinai, gerando filhos para a servidão, que é Agar.

25 Ora, esta Agar é Sinai, um monte da Arábia, que corresponde à Jerusalém que agora existe, pois é escrava com seus filhos.

26 Mas a Jerusalém que é de cima é livre; a qual é mãe de todos nós.

27 Porque está escrito: Alegra-te, estéril, que não dás à luz; Esforça-te e clama, tu que não estás de parto; Porque os filhos da solitária são mais do que os da que tem marido.

28 Mas nós, irmãos, somos filhos da promessa como Isaque.

29 Mas, como então aquele que era gerado segundo a carne perseguia o que o era segundo o Espírito, assim é também agora.

30 Mas que diz a Escritura? Lança fora a escrava e seu filho, porque de modo algum o filho da escrava herdará com o filho da livre.

31 De maneira que, irmãos, somos filhos, não da escrava, mas da livre.

GÁLATAS 05:

1 ESTAI, pois, firmes na liberdade com que Cristo nos libertou, e não torneis a colocar-vos debaixo do jugo da servidão.

2 Eis que eu, Paulo, vos digo que, se vos deixardes circuncidar, Cristo de nada vos aproveitará.

3 E de novo protesto a todo o homem, que se deixa circuncidar, que está obrigado a guardar toda a lei.(d)

4 Separados estais de Cristo, vós os que vos justificais pela lei; da graça tendes caído.

5 Porque nós pelo Espírito da fé aguardamos a esperança da justiça.

6 Porque em Jesus Cristo nem a circuncisão nem a incircuncisão tem valor algum; mas sim a fé que opera pelo amor.

7 Corríeis bem; quem vos impediu, para que não obedeçais à verdade?

8 Esta persuasão não vem daquele que vos chamou.

9 Um pouco de fermento leveda toda a massa.(e)

10 Confio de vós, no Senhor, que nenhuma outra coisa sentireis; mas aquele que vos inquieta, seja ele quem for, sofrerá a condenação.

11 Eu, porém, irmãos, se prego ainda a circuncisão, por que sou, pois, perseguido? Logo o escândalo da cruz está aniquilado.

12 Eu quereria que fossem cortados aqueles que vos andam inquietando. (e)

13 Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não useis então da liberdade para dar ocasião à carne, mas servi-vos uns aos outros pelo amor.

14 Porque toda a lei se cumpre numa só palavra, nesta: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.

15 Se vós, porém, vos mordeis e devorais uns aos outros, vede não vos consumais também uns aos outros.

16 Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne.

17 Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis.

18 Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei.

19 Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia,

20 Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias,

21 Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus.

22 Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança.(f)

23 Contra estas coisas não há lei.

24 E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências.

25 Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito.

26 Não sejamos cobiçosos de vanglórias, irritando-nos uns aos outros, invejando-nos uns aos outros.

GÁLATAS 06:

1 IRMÃOS, se algum homem chegar a ser surpreendido nalguma ofensa, vós, que sois espirituais, encaminhai o tal com espírito de mansidão; olhando por ti mesmo, para que não sejas também tentado.

2 Levai as cargas uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo.

3 Porque, se alguém cuida ser alguma coisa, não sendo nada, engana-se a si mesmo.

4 Mas prove cada um a sua própria obra, e terá glória só em si mesmo, e não noutro.

5 Porque cada qual levará a sua própria carga.

6 E o que é instruído na palavra reparta de todos os seus bens com aquele que o instrui.

7 Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará.

8 Porque o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia no Espírito, do Espírito ceifará a vida eterna.

9 E não nos cansemos de fazer bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido.

10 Então, enquanto temos tempo, façamos bem a todos, mas principalmente aos domésticos da fé.

11 Vede com que grandes letras vos escrevi por minha mão.

12 Todos os que querem mostrar boa aparência na carne, esses vos obrigam a circuncidar-vos, somente para não serem perseguidos por causa da cruz de Cristo.

13 Porque nem ainda esses mesmos que se circuncidam guardam a lei, (g) mas querem que vos circuncideis, para se gloriarem na vossa carne.

14 Mas longe esteja de mim gloriar-me, a não ser na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim e eu para o mundo.

15 Porque em Cristo Jesus nem a circuncisão, nem a incircuncisão tem virtude alguma, mas sim o ser uma nova criatura.

16 E a todos quantos andarem conforme esta regra, paz e misericórdia sobre eles e sobre o Israel de Deus.

17 Desde agora ninguém me inquiete; porque trago no meu corpo as marcas do Senhor Jesus.(h)

18 A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja, irmãos, com o vosso espírito! Amém.


Comentários do texto:-

(a) 4.7 Aos remidos é dado o poder de serem feitos filhos de Deus, e sendo filhos, somos também herdeiros de Deus juntamente com o Primogênito, o Senhor Jesus Cristo. Isso nos é dado pela graça de Deus para conosco. Não vivemos mais dependendo da misericórdia de Deus, estamos debaixo da graça do amor do Senhor. (cordi=coração – misericórdia=misérias do amor).

(b) 4.9 Veja que o texto diz que somos conhecidos por Deus. Isso é graça sem medida. Aleluia!

(c) 4.9-10 - Mesmo depois de ter alcançado as bênçãos celestiais em Cristo Jesus, muitos crente da Galácia preferiam viver debaixo do jugo da lei. Assim hoje muitos crentes vivem em suas amarguras e tristezas quando podem desfrutar a alegria de uma eternidade na presença do Pai.

(d) 5.1-3 – Não somos escravos por isso não estamos debaixo da Lei e sim da graça, por isso não devemos viver o que os rituais. Vivemos debaixo do sacerdócio de Cristo e não de Arão, por isso entre nós todos somos sacerdotes, não havendo levitas.

(e) 5.9,12 – Qualquer doutrina estranha por mais inocente que pareça, pode provocar estragos enormes na Igreja, como já houve através da história. E quem as trás deve sofrer correção.

(f) 5.21 – Paulo relaciona as obras da carne em oposição ao fruto do Espírito. O Amor é o fruto do Espírito dividido em sete facetas. Veja que o fruto é feito por nós, mas pertence ao Espírito, assim como os dons, talentos, etc.

(g) 6.13 – São aqueles que pregam, mas não vivem os seus sermões, poe cargas pesadas nos outros, mas vivem livres delas. Pregar é fácil, difícil é viver-se o que se prega.

(h) 6.17 – Paulo trazia em seu corpo marcas não de tatuagens, mas de Cristo. Sofreu diversos açoites, apedrejamento, machucaduras, etc. que deixaram profundas cicatrizes e marcas, das quais se achava merecedor por ter sido um perseguidor de cristãos (pequenos Cristos). Foi, sem dúvida alguma, o cristão que mais sofreu por amor ao seu amado Mestre, o nosso Senhor Jesus Cristo.


Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo , vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim. - Gl 2.20

LEITURA BÍBLICA ANUAL - 2010

Dia 20/02/2010 - Gálatas 1-3

Graça e paz amados do Senhor Jesus Cristo,

A saudação acima é usada na maioria das cartas (epístolas) do Novo Testamento, veja, por exemplo, no verso 3 logo abaixo. Não deixe de ler a carta do apóstolo Paulo aos Gálatas que é de um ensinamento espiritual muito profundo para nós. Vemos o apóstolo recebendo a revelação do evangelho diretamente do Senhor (1:11-12) e não através dos outros apóstolos. Por isso Paulo narra o evangelho do ponto de vista espiritual. Ele se encontra com Pedro apenas 3 anos após o dia de sua salvação e também a Tiago, irmão carnal do Senhor Jesus Cristo. O demais apóstolos e líderes de Jerusalém ele só vai ver catorze anos depois de sua conversão. Paulo possuía tanta autoridade espiritual ao ponto de quando Pedro falha ele o repreende com a autoridade que lhe foi dada pelo próprio Senhor Jesus Cristo.
Apenas mais uma observação:- O apóstolo Paulo foi sem dúvida alguma o servo e apóstolo (que significa servo), que mais sofreu por causa do evangelho de seu amado Senhor Jesus Cristo. Por isso ele teve condições de dizer "Sede meus imitadores como eu sou de Cristo Jesus". Amém!
Mas o melhor mesmo é ler hoje os três primeiros capítulos que envio na versão NVI, e amanhã os outros três restantes. Na NVI a divisão é por blocos dos assuntos.
No Senhorio de Cristo Jesus,
Ivo Prado - Assis, 19/02/2010.



GÁLATAS
Capítulo 1
1 Paulo, apóstolo enviado, não da parte de homens nem por meio de pessoa alguma, mas por Jesus Cristo e por Deus Pai, que o ressuscitou dos mortos, 2 e todos os irmãos que estão comigo, às igrejas da Galácia:
3 A vocês, graça e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo, 4 que se entregou a si mesmo por nossos pecados a fim de nos resgatar desta presente era perversa, segundo a vontade de nosso Deus e Pai, 5 a quem seja a glória para todo o sempre. Amém.

Não Há Outro Evangelho

6 Admiro-me de que vocês estejam abandonando tão rapidamente aquele que os chamou pela graça de Cristo, para seguirem outro evangelho 7 que, na realidade, não é o evangelho. O que ocorre é que algumas pessoas os estão perturbando, querendo perverter o evangelho de Cristo. 8 Mas ainda que nós ou um anjo dos céus pregue um evangelho diferente daquele que lhes pregamos, que seja amaldiçoado! 9 Como já dissemos, agora repito: Se alguém lhes anuncia um evangelho diferente daquele que já receberam, que seja amaldiçoado!
10 Acaso busco eu agora a aprovação dos homens ou a de Deus? Ou estou tentando agradar a homens? Se eu ainda estivesse procurando agradar a homens, não seria servo de Cristo.

Paulo, Chamado por Deus

11 Irmãos, quero que saibam que o evangelho por mim anunciado não é de origem humana. 12 Não o recebi de pessoa alguma nem me foi ele ensinado; ao contrário, eu o recebi de Jesus Cristo por revelação.
13 Vocês ouviram qual foi o meu procedimento no judaísmo, como perseguia com violência a igreja de Deus, procurando destruí-la. 14 No judaísmo, eu superava a maioria dos judeus da minha idade, e era extremamente zeloso das tradições dos meus antepassados. 15 Mas Deus me separou desde o ventre materno e me chamou por sua graça. Quando lhe agradou 16 revelar o seu Filho em mim para que eu o anunciasse entre os gentios (a) , não consultei pessoa alguma (b) . 17 Tampouco subi a Jerusalém para ver os que já eram apóstolos antes de mim, mas de imediato parti para a Arábia, e voltei outra vez a Damasco.
18 Depois de três anos, subi a Jerusalém para conhecer Pedro (c) pessoalmente, e estive com ele quinze dias. 19 Não vi nenhum dos outros apóstolos, a não ser Tiago, irmão do Senhor. 20 Quanto ao que lhes escrevo, afirmo diante de Deus que não minto. 21 A seguir, fui para as regiões da Síria e da Cilícia. 22 Eu não era pessoalmente conhecido pelas igrejas da Judeia que estão em Cristo. 23 Apenas ouviam dizer: “Aquele que antes nos perseguia, agora está anunciando a fé que outrora procurava destruir”. 24 E glorificavam a Deus por minha causa.

Capítulo 2

Paulo é Aceito pelos Apóstolos
1 Catorze anos depois, subi novamente a Jerusalém, dessa vez com Barnabé, levando também Tito comigo. 2 Fui para lá por causa de uma revelação e expus diante deles o evangelho que prego entre os gentios, fazendo-o, porém, em particular aos que pareciam mais influentes, para não correr ou ter corrido inutilmente. 3 Mas nem mesmo Tito, que estava comigo, foi obrigado a circuncidar-se, apesar de ser grego. 4 Essa questão foi levantada porque alguns falsos irmãos infiltraram-se em nosso meio para espionar a liberdade que temos em Cristo Jesus e nos reduzir à escravidão. 5 Não nos submetemos a eles nem por um instante, para que a verdade do evangelho permanecesse com vocês.

6
Quanto aos que pareciam influentes — o que eram então não faz diferença para mim; Deus não julga pela aparência — tais homens influentes não me acrescentaram nada. 7 Ao contrário, reconheceram que a mim havia sido confiada a pregação do evangelho aos incircuncisos (d), assim como a Pedro, aos circuncisos (e) . 8 Pois Deus, que operou por meio de Pedro como apóstolo aos ircuncisos, também operou por meu intermédio para com os gentios. 9 Reconhecendo a graça que me fora concedida, Tiago, Pedro e João, tidos como colunas, estenderam a mão direita a mim e a Barnabé em sinal de comunhão. Eles concordaram em que devíamos nos dirigir aos gentios, e eles, aos circuncisos. 10 Somente pediram que nos lembrássemos dos pobres, o que me esforcei por fazer.

Paulo Repreende a Pedro

11 Quando, porém, Pedro veio a Antioquia, enfrentei-o face a face, por sua atitude condenável. 12 Pois, antes de chegarem alguns da parte de Tiago, ele comia com os gentios. Quando, porém, eles chegaram, afastou-se e separou-se dos gentios, temendo os que eram da circuncisão. 13 Os demais judeus também se uniram a ele nessa hipocrisia, de modo que até Barnabé se deixou levar.

A salvação é pela fé e não pela Lei.
14 Quando vi que não estavam andando de acordo com a verdade do evangelho, declarei a Pedro, diante de todos: “Você é judeu, mas vive como gentio e não como judeu. Portanto, como pode obrigar gentios a viverem como judeus?
15 “Nós, judeus de nascimento e não ‘gentios pecadores’, 16 sabemos que ninguém é justificado pela prática da Lei, mas mediante a fé em Jesus Cristo. Assim, nós também cremos em Cristo Jesus para sermos justificados pela fé em Cristo, e não pela prática da Lei, porque pela prática da Lei ninguém será justificado.
17 “Se, porém, procurando ser justificados em Cristo descobrimos que nós mesmos somos pecadores, será Cristo então ministro do pecado? De modo algum! 18 Se reconstruo o que destruí, provo que sou transgressor. 19 Pois, por meio da Lei eu morri para a Lei, a fim de viver para Deus. 20 Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo , vivo-a pela fé no filho de 21 Deus, que me amou e se entregou por mim. Não anulo a graça de Deus; pois, se a justiça vem pela Lei, Cristo morreu inutilmente!”


a 1.16 Isto é, os que não são judeus; também em todo o livro de Gálatas.
b 1.16 Grego: carne e sangue.
c 1.18 Grego: Cefas.
d 2.7 Ou aos gentios
e 2.7 Ou aos judeus; também nos versículos 8 e 9.
f 2.9 Grego: Cefas; também nos versículos 11 e 14.



Capítulo 3
Fé ou Obediência à Lei?
1 Ó gálatas insensatos! Quem os enfeitiçou? Não foi diante dos seus olhos que Jesus Cristo foi exposto como crucificado? 2 Gostaria de saber apenas uma coisa: foi pela prática da Lei que vocês receberam o Espírito, ou pela fé naquilo que ouviram? 3 Será que vocês são tão insensatos que, tendo começado pelo Espírito, querem agora se aperfeiçoar pelo esforço próprio (b) ? 4 Será que foi inútil sofrerem tantas coisas? Se é que foi inútil! 5 Aquele que lhes dá o seu Espírito e opera milagres entre vocês realiza essas coisas pela prática da Lei ou pela fé com a qual receberam a palavra
6 Considerem o exemplo de Abraão: “Ele creu em Deus, e isso lhe foi creditado como justiça” (c) 7 Estejam certos, portanto, de que os que são da fé, estes é que são filhos de Abraão. Prevendo a Escritura que Deus justificaria os gentios pela fé, anunciou primeiro as boas novas a Abraão: “Por meio de você todas as nações serão abençoadas” (d) . 9 Assim, os que são da fé são abençoados junto com Abraão, homem de fé.
10 Já os que se apoiam na prática da Lei estão debaixo de maldição, pois está escrito: “Maldito todo aquele que não persiste em praticar todas as coisas escritas no livro da Lei” (e) . 11 É evidente que diante de Deus ninguém é justificado pela Lei, pois “o justo viverá pela fé” (f) . 12 A Lei não é baseada na fé; ao contrário, “quem praticar estas coisas, por elas viverá” (g) . 13 Cristo nos redimiu da maldição da Lei quando se tornou maldição em nosso lugar, pois está escrito: “Maldito todo aquele que for pendurado num madeiro”(h) . 14 Isso para que em Cristo Jesus a bênção de Abraão chegasse também aos gentios, para que recebêssemos a promessa do Espírito mediante a fé.

A Lei e a Promessa
15 Irmãos, humanamente falando, ninguém pode anular um testamento (i) depois de ratificado, nem acrescentar-lhe algo. 16 Assim também as promessas foram feitas a Abraão e ao seu descendente (f). A Escritura não diz: “E aos seus descendentes”, como se falando de muitos, mas: “Ao seu descendente ”, dando a entender que se trata de um só, isto é, Cristo. 17 Quero dizer isto: A Lei, que veio quatrocentos e trinta anos depois, não anula a aliança previamente estabelecida por Deus, de modo que venha a invalidar a promessa. 18 Pois, se a herança depende da Lei, já não depende de promessa. Deus, porém, concedeu-a gratuitamente a Abraão mediante promessa.
19 Qual era então o propósito da Lei? Foi acrescentada por causa das transgressões, até que viesse o Descendente a quem se referia a promessa, e foi promulgada por meio de anjos, pela mão de um mediador. 20 Contudo, o mediador representa mais de um; Deus, porém, é um.
21 Então, a Lei opõe-se às promessas de Deus? De maneira nenhuma! Pois, se tivesse sido dada uma lei que pudesse conceder vida, certamente a justiça viria da lei. 22 Mas a Escritura encerrou tudo debaixo do pecado, a fim de que a promessa, que é pela fé em Jesus Cristo, fosse dada aos que creem.
23 Antes que viesse essa fé, estávamos sob a custódia da Lei, nela encerrados, até que a fé que haveria de vir fosse revelada. 24 Assim, a Lei foi o nosso tutor até Cristo, para que fôssemos justificados pela fé. 25 Agora, porém, tendo chegado a fé, já não estamos mais sob o controle do tutor.

Os Filhos de Deus
26 Todos vocês são filhos de Deus mediante a fé em Cristo Jesus, 27 pois os que em Cristo foram batizados, de Cristo se revestiram. 28 Não há judeu nem grego, escravo nem livre, homem nem mulher; pois todos são um em Cristo Jesus. 29 E, se vocês são de Cristo, são descendência de Abraão e herdeiros segundo a promessa.


b 3.3 Grego: pela carne.
d 3.6 Gn 15.6
e 3.8 Gn 12.3; 18.18; 22.18
f 3.10 Dt 27.26
g 3.11 Hc 2.4
h 3.12 Lv 18.5
i 3.13 Dt 21.23
j 3.15 Ou uma aliança. Veja o versículo 17.
k 3.16 Grego: semente; também nos versículos 19 e 29. Gn 12.7; 13.15; 24.7


Textos da versão da Bíblia na Nova Versão Internacional.
Sistema operacional Linux - Ubuntu



--
Para a inscrição neste grupo, envie um e-mail para leitura-da-biblia-em-um-ano+subscribe@googlegroups.com
Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para
leitura-da-biblia-em-um-ano+unsubscribe@googlegroups.com
Para ver mais opções, visite este grupo em
http://groups.google.com.br/group/leitura-da-biblia-em-um-ano?hl=pt-BR?hl=pt-BR

"A Tua Palavra é lâmpada que ilumina os meus passos e luz que clareia o meu caminho"
Salmo 119.105 - NVI