sábado, 19 de fevereiro de 2011

DE ASAS QUEBRADAS

Por Rev. José Kleber

Há um velho provérbio anglo-saxônico que diz: “um pássaro com asa quebrada nunca mais voará tão alto.” Em outras palavras, uma vez que nós tenhamos caído, jamais conseguiremos nos levantar totalmente como dantes. Uma vez caído, sempre caído. Afinal, não se pode esperar muito de um pássaro com a asa quebrada.

Por outro lado, se fôssemos dar outro nome adequado à Palavra de Deus, deveríamos chamá-la de “A Galeria das Asas Quebradas” – homens que falharam, caíram , mas que pela da misericórdia de Deus e de Sua graça incompreensível, foram guindados de seus fracassos às alturas dos grandes heróis da fé.

Como é bom pensarmos que o nosso Deus é o Deus de Abraão – que mentiu
gritantemente, e mesmo depois de ter mentido por duas vezes foi reconhecido como “o amigo de Deus”. Com sua “asa quebrada”, Abraão  voou mais alto do que ele ou qualquer outro havia voado.

Como é bom pensarmos que o nosso Deus é o Deus de Jacó – trapaceiro e
enganador – na maioria das vezes sem quaisquer escrúpulos – candidato  a caso perdido. Contudo, Deus o elevou de tal modo que o seu velho nome não pôde conter tanta glória, e de Jacó, passou a chamar-se Israel.

Como é bom pensarmos que o nosso Deus é o Deus de Raabe, a prostituta, mulher da zona de meretrício. A despeito de suas asas quebradas, Deus a escolheu como um instrumento, não só para salvar a vida de dois de seus corajosos servos, como para trazer o Seu Filho ao mundo. Nunca “asas quebradas” voaram tão alto na graça de Deus. 

Quando Deus disse a Moisés que Ele era o Deus de Abraão, Isaque e Jacó, 
aparentemente parecia estar listando os nomes dos primeiros superstars da
Bíblia  superficial interpretação. Na verdade, o que Deus estava dizendo para
 Moisés quando cita os patriarcas é que Ele é Deus de Homens que fracassam.

Todos eles tiveram as asas quebradas, fracassaram em algum ponto de suas
vidas. Foram imperfeitos. Mas subiram às alturas porque souberam confiar no Deus que usa os homens, mesmo quando estes fracassam. Deus é o Deus da segunda chance, da segunda oportunidade. É o Deus disposto a reescrever a nossa história.

Antes de pensar em desistir por causa de asas quebradas, gostaríamos que
meditasse nisso. A Bíblia NÃO É UM LIVRO DE HOMENS PERFEITOS – É O LIVRO DE HOMENS RESTAURADOS PELA GRAÇA E O SANGUE DE JESUS.

Pensemos nisso. Que Deus nos abençoe.

Na Paz de Deus, Maestro de nossa vidas,

Erasmo Romão

Nenhum comentário:

Postar um comentário