segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

O Stress


                                               O Stress 

                    Esta palavra de origem inglesa, o qual os estudiosos já desempenharam seus esforços ao máximo para atender os problemas desta natureza. A definição no inglês encontrada seria “a force exerted when one body or body part presses or tends to compress..”  Quer dizer  uma  força exercida quando um corpo ou parte pressiona ou tende a comprimir...”. Nosso dia-a-dia está cercado de pressões, lutas, desejos, vontades, necessidades e faz com que  se movimente para os seus objetivos sejam  introspectivos ou a exteriorização deles.

                   O Estresse poderá danificar nossa saúde, se descuidarmos que a relação  entre os seres tende a gerar atrito.  O contato seja pessoal ou a distância  proporciona  confrontos de idéias, que ao sobrepor uma existente poderá  chocar a outra. As crianças são mais propensas aos conflitos diários, pela inocência, a impelem as brigas constantes. Não sou especialista em psicologia, onde, o profissional  dará os meios pelos quais os enigmas se solucionam. Ler Sigmund Freud ajudaria muitos os pais a entender os seus filhos. Aos filhos, principalmente, os de casa, sempre tenho dito “ Deixa as discussões para o doutorado,  para o parlamento, para as Câmaras, e para os Tribunais”. Eles por uma aspiração justa ou compensatória o fazem.  As demais são perdas de tempo e inúteis. Não vale a pena. Se for necessário pagar para evitá-la, isto se torna honroso para o homem.

                   Por outro ângulo, poderá ser aproveitado muitíssimo  o uso do “stress”. Em que sentido seria. A dona de casa conhece o poder da pressão. Veja bem o que você está pensando. Quando coloca o feijão na panela, o que acontece?  Se a panela não tiver a perfeita  pressão e o tempo certos, o feijão não ficará bom e próprio para se alimentar. Assim o feijão recebendo toda aquela pressão, temperado, depois fica prontinho para ser comido com  temperança evidentemente.

                   As pressões  podem causar o stress .  Hodiernamente, a ciência tem avançado de tal maneira que ele pode ajudá-lo muito. A descoberta do caminhar sobre as pedras e águas, há tempo atrás tinha a disposição  dos acadêmicos na Universidade Federal de MS, hoje, não funciona mais. Os adeptos do yoga como forma de relaxamento da alma. A piscina com cursos de hidroginástica. Os novos cursos, que nos grandes centros Rio-Sampa desenvolvem como Música Terapia e outros tantos.  Até em adesivos nos carros alguém apresenta uma solução pacífica: “Está nervoso, vá pescar”. Todos  se juntam   para ajudar uns aos outros. Isto é glorioso! Mais uma  dica sobre saúde assista: “Boa Saúde” ou leia artigos sobre o assunto.

                   Para concluir, temos que deixar claro também,  que as nossas limitações são completadas pelo Criador dos Céus e da Terra, não estamos desamparados. Quando o querido Mestre salientou aos seus discípulos assim se expressou: “Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta  a cada dia o seu mal”. A inquietação  gera uma impaciência  prejudicando  o seu equilíbrio . Porém, uma palavra firme , Ele respondeu “_ Mas buscai primeiro o Reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.” Indo até Ele, Ele com certeza virá até você. Pode crer nisso !

                   Um Grande abraço.
                  
No Senhor Jesus. Élcio Cunha

Nenhum comentário:

Postar um comentário