quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

"PARA O McDONALD'S"


"PARA O McDONALD'S"

"Para andares pelos caminhos dos bons, e te conservares nas veredas dos justos" (Provérbios 2:20).

Certo pregador contou a história a seguir: Quando eu era um menino de cerca de 4 ou 5 anos, meu pai foi convidado para apresentar um sermão em uma igreja, no final de semana. Para que eu me comportasse direito durante o serviço, naquela manhã, meus pais me disseram que se eu fosse um bom menino, após a reunião eles me levariam ao McDonald's. Durante o sermão pregado por meu pai, ele falava sobre o destino dos bons e dos maus. Em determinado momento ele perguntou, com voz alta e firme: "Para onde vocês acham que irão aqueles que obedecem ao Senhor e vivem fielmente em Sua presença?" Com todo o meu fervor, permaneci em minha cadeira e respondi, o mais alto que pude: "Para o McDonald's!!!"

Sempre é bom ouvir relatos sobre crianças, porque, em geral, são engraçadas e nos divertem. A nossa ilustração também é divertida, mas, podemos refletir seriamente sobre o seu conteúdo.

Para onde iremos se o nosso coração estiver aberto ao Senhor Jesus? Que segurança podemos ter ao deixar de lado os enganos do mundo e caminhar segundo a vontade do Pai celeste? Podemos realmente esperar dias melhores optando por trilhar o caminho dos bons e deixar para trás o caminho dos maus?

A pergunta daquele pregador se referia ao lugar para onde vão aqueles que morrem no Senhor, mas, eu quero refletir um pouco sobre o caminho dos que vivem em Cristo antes da morte.

Existe diferença entre sair de casa com Cristo no coração e sair sem Ele? Existe diferença entre voltar para casa, após um dia cansativo, levando Cristo conosco e a certeza de que encontraremos a nossa casa iluminada pela presença de Deus e retornar, sem Cristo, e sem a certeza de encontrá-lo em casa? Existe diferença entre alegria e a falta dela?

Eu tenho certeza de que todos aqueles que têm o Senhor em suas vidas responderão "sim!"

E você, como tem caminhado - com Cristo ou sem Ele?

Nenhum comentário:

Postar um comentário