quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Vídeos mostram suposto óvni em Israel e geram polêmica na internet


Qua, 16 Fev, 10h06
Ana Cárdenes.


Jerusalém, 16 fev (EFE).- Dois vídeos de um suposto objeto voador não identificado (óvni) suspenso sobre a Esplanada das Mesquitas de Jerusalém causaram indignação na internet, com milhões de acessos e um polêmico debate sobre a chegada de extraterrestres à Terra Santa.
As imagens mostram quando uma bola de luz branca desce lentamente sobre a Esplanada das Mesquitas (terceiro lugar mais sagrado para o Islã), sobrevoa por cerca de dez segundos a dourada Cúpula da Rocha e volta a subir ao espaço em grande velocidade.
"Entregamos os dois vídeos a um laboratório e não queremos nos pronunciar sobre a veracidade do material até que tenhamos os resultados", disse à Agência Efe o porta-voz de uma associação israelense de pesquisa de óvnis.
Ele ressaltou que "as imagens foram feitas de diferentes pontos da cidade por duas pessoas desconhecidas e que não têm qualquer relação". A suposta aparição do óvni ocorreu na madrugada de 28 de janeiro. Veja os vídeos:

http://www.youtube.com/watch?v=rY2FFEufsuY&feature=player_embedded

http://www.youtube.com/watch?v=zQ-bNOy_CKQ&feature=player_embedded
Os vídeos foram disponibilizados pouco depois no "YouTube" e geraram diversas reações. Enquanto alguns os tacharam de falsos, outros disseram que são a prova de que há vida fora da Terra.
Alguns estudiosos de fenômenos sobrenaturais garantiram que chegou a existir, inclusive, um "contato", já que seres desconhecidos teriam enviado um "raio comunicador" com uma mensagem cifrada aos terráqueos.
"Recebemos muitas ligações. O fato gerou muito nervosismo, alguns têm medo, outros estão eufóricos. Três pessoas confirmaram que também avistaram o ovni, embora não o tenham filmado", garantiu o especialista.
O primeiro vídeo, de pouco mais de dois minutos, foi gravado de Armon Hanatziv (ao sul de Jerusalém) por Elyigal Gedaliyovich, um fotógrafo israelense de 42 anos que passeava com um amigo para registrar imagens de um projeto no qual está trabalhando.
Quando foi surpreendido pelas luzes do óvni, se apressou para ligar a câmera e registrar o que via, declarou ao jornal "Yedioth Ahronoth".
Sua voz de surpresa ao comentar com seu amigo sobre o que via também aparece na gravação. Ele dizia: "Que é essa luz? Está proibido voar ali. Será que é um helicóptero militar?", disse, enquanto o outro respondeu que parecia "uma bola de luz" e que o objeto estava "descendo".
Gedaliyovich, quem afirma já ter visto óvnis no passado, embora não os tenha conseguido registrar, diz que está "claro que existem óvnis, mas em Israel ninguém presta atenção".
O segundo vídeo foi gravado por turistas americanos com um telefone celular mais perto da Esplanada das Mesquitas e nele é possível ouvir suas vozes, que identificaram o objeto como uma nave com seres de outro mundo.
O porta-voz da associação de pesquisa de óvnis declarou que "se as imagens não são reais a verdade é que a falsificação é perfeita e, se são verdadeiras, então se trata de um fato muito importante pelo lugar exato onde ocorreu", apesar de ainda não se saber o que isso poderia significar.
A estes vídeos seguiram outros, vários que tentam demonstrar a manipulação das imagens dos dois primeiros, mostrando, por exemplo, a exagerada intensidade do brilho e a falta de reflexos.
Outras gravações, divulgadas mais tarde para tentar corroborar a suposta visita extraterrestre, foram tachadas de "claramente falsas" por boa parte dos internautas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário