terça-feira, 14 de junho de 2011

Igreja nos Lares - Vivendo a Comunhão do Primeiro amor.

O Senhor nos colocou no coração para inserirmos em nosso blog as duas páginas iniciais de nossa Apostila sobre Igreja em Células cuja primeira versão se deu no ano de 1997. Aos poucos vamos aqui colocar as partes principais da mesma.

"Contra você, porém, tenho isto: você abandonou o seu primeiro amor. Lembre-se de onde caiu! Arrependa-se e pratique as obras que praticava no princípio. Se não se arrepender, virei a você e tirarei o seu candelabro do lugar dele". Apocalipse 2. 4-5.


À Igreja da atualidade o Senhor fala as mesmas palavras proferidas à Igreja de Éfeso, exortando-a à volta do primeiro amor. Aquele mesmo fervor religioso que a levou em seus dois primeiros anos de vida a falar da mensagem libertadora do Senhorio de Cristo não apenas a Éfeso mas, também, a toda a província da Ásia (Ásia menor). O Senhor quer que a Igreja use as mesmas estratégias usadas pela Igreja em seus princípios. "Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às Igrejas".

O apóstolo Paulo tinha muitas preocupações com o trabalho iniciado a partir de Éfeso, tanto que em seus últimos dias de vida escreve a seu filho amado Timóteo, que se encontrava nessa cidade, exortando-o em muitas coisas, entre as quais:- "torno a lembrar-lhe que mantenha viva a chama do dom de Deus que está em você mediante a imposição de minhas mãos". Aviva o fogo Timóteo, aviva o fogo povo de Deus, não deixemos a tocha se apagar.

Havemos de enfrentar muitas oposições nestes tempos finais. Muito em breve seremos proibidos de nos reunir, tempos em que nos encontrarem em casas e às escondidas. As Igrejas que não se prepararem com um programa de pequenos grupos estarão fadadas a desaparecerem, perdendo sua membresia para aquelas que os têm implantado. Serão tempos de aflição, mas também serão tempos da "volta ao primeiro amor", da maior das colheitas de almas que o mundo já assistiu. Serão tempos de preparação da noiva para a volta do Noivo, serão tempos de Filadélfia.

Ivo Gomes do Prado - Pr. 

PREFÁCIO

A Igreja de Jesus precisa descobrir a cada dia que as palavras ditas pelo próprio Cristo em Mateus 9:17:- "não se põe vinho Novo em odres velhos. Do contrário, rompem-se os odres, entorna-se o vinho e os odres se estragam. Mas põe-se vinho Novo em odres Novos, e ambos se conservam". A conclusão a que chegamos é: todas as vezes que ignoramos os Seus ensinamentos, falhamos. Enquanto vivemos o Renovar, Ele está formando algo completamente novo. 

Jesus disse que é impossível colocar Vinho Novo em odres velhos! O plano para as igrejas estagnadas precisa começar com os odres e não com o Vinho Novo. Uma igreja não pode misturar os padrões tradicionais da vida da Igreja com as estruturas de grupos celulares e ser bem sucedida. É necessário fazer uma transição deliberada. Podemos afirmar que a única esperança para odres velhos é derramar o vinho que eles contém em odres novos, renovando-os, jogando-se fora os recipientes velhos e rotos. 

Assim sendo, o desejo do nosso coração é que o material contido nesta apostila possa ajudá-lo a compreender o propósito de Deus para a Sua Igreja neste tempo do fim. 

 Que Deus te abençoe. 

Pr. Girson Antonio de Oliveira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário