sexta-feira, 8 de julho de 2011

O Senhor nos chama para a grande ceia - Igreja nos Lares - Estudo 19


Ministério de Igreja nos Lares – Cada casa uma Igreja, cada discípulo um ministro.



Texto bíblico:- Lucas 14.15-24.
LUCAS 14:

15 Ao ouvir isso um dos que estavam com ele à mesa, disse-lhe: Bem-aventurado aquele que comer pão no reino de Deus.
16 Jesus, porém, lhe disse: Certo homem dava uma grande ceia, e convidou a muitos.
17 E à hora da ceia mandou o seu servo dizer aos convidados: vinde, porque tudo já está preparado.
18 Mas todos à uma começaram a escusar-se. Disse-lhe o primeiro: Comprei um campo, e preciso ir vê-lo; rogo-te que me dês por escusado.
19 Outro disse: Comprei cinco juntas de bois, e vou experimentá-los; rogo-te que me dês por escusado.
20 Ainda outro disse: Casei-me e portanto não posso ir.
21 Voltou o servo e contou tudo isto a seu senhor: Então o dono da casa, indignado, disse a seu servo: Sai depressa para as ruas e becos da cidade e traze aqui os pobres, os aleijados, os cegos e os coxos.
22 Depois disse o servo: Senhor, feito está como o ordenaste, e ainda há lugar.
23 Respondeu o senhor ao servo: Sai pelos caminhos e valados, e obriga-os a entrar, para que a minha casa se encha.
24 Pois eu vos digo que nenhum daqueles homens que foram convidados provará a minha ceia.


Do texto da Palavra que nós lemos podemos tirar muitas lições, vejamos algumas:-

O homem do texto que deu a grande ceia é o Senhor nosso Deus.

A grande ceia ou banquete é o Reino dos Céus.

Os convidados que recusaram o convite são as pessoas religiosas na aparência exterior.

As desculpas desses convidados são as bênçãos recebidas. Vejamos: Uma propriedade adquirida, os bois e o casamento. Isso tudo em si nada tem de mal, no entanto, quando forem obstáculos para o nosso viver com Cristo se tornam em maldição. Muitas vezes uma simples vida de "religiosidades e ativismos", ao invés de ser uma vida dedicada a ganhar os não alcançados para o Reino de Deus, torna-se um empecilho para nós.

Muitos são os chamados mas poucos os escolhidos (Mat. 22.14). Os convidados "importantes" não foram à grande ceia, em lugar deles foram chamados outros considerados pelo mundo como "os indignos", e pelos religiosos de "os sem qualidade":- 

Os pobres, os aleijados, os cegos e os mancos. O Senhor quer ver o grande banquete com muitíssimas pessoas, por isso pede que os "indignos" sejam forçados a entrar, pois na casa do Pai há muitas moradas. (João 14.2)

Hoje também somos chamados pelo Senhor. Vamos responder às perguntas abaixo para avaliar a nossa vida real com Deus:-
Qual será a nossa resposta ao convite do Senhor? Sim ou não? Talvez, mais tarde, espere um pouco.

A nossa prioridade tem sido apenas a nossa edificação própria, os programas e apresentações, ou a expansão do Reino dos Céus?

Quais têm sido as nossas desculpas?

Temos nos considerado como dignos ou indignos de estar na presença do Senhor?
Na realidade, todos nós somos indignos de estar na presença do Senhor. Nossas obras são tidas apenas como trapos imundos. Mas graças à misericórdia de Deus, através do sacrifício de Jesus Cristo na cruz, temos o "convite" para participar da grande ceia ou banquete que o Senhor nos preparou (João 14.2).

Vamos participar chamando outros a participarem também?

Ivo Gomes do Prado

Nenhum comentário:

Postar um comentário