sexta-feira, 28 de outubro de 2011

BENTO XVI DESTACA PAPEL DAS RELIGIÕES PELA PAZ NO MUNDO


Sinais da vinda do anti cristo.

O PAPA BENTO XVI EXPRESSOU NESTA SEXTA-FEIRA UMA GRANDE SATISFAÇÃO COM O ENCONTRO INTER-RELIGIOSO REALIZADO NA ÚLTIMA QUINTA-FEIRA, REAFIRMANDO QUE A CADA DIA PESSOAS DE DIFERENTES TRADIÇÕES RELIGIOSAS VIVEM E TRABALHAM JUNTAS A FAVOR DA PAZ.

No encontro, que ocorreu em Assis, na monumental sala Clementina do Vaticano, o pontífice recebeu 300 líderes de diferentes religiões, assim como quatro ateus, que se comprometeram a trabalhar pela paz no mundo com a intenção de reduzir os espaços para a violência, a guerra e o terrorismo.

"Encontros como este ocorrem por motivos excepcionais e são pouco frequentes, mas conseguem mostrar que a cada dia, no mundo todo, pessoas de diferentes tradições religiosas vivem e trabalham juntas em harmonia", afirmou.

O papa Bento XVI também agradeceu a presença de cristãos, judeus, muçulmanos, budistas e outros integrantes de religiões tradicionais da América e África, além dos quatro intelectuais ateus.

Um desses quatros - o filósofo mexicano Guillermo Hurtado, membro do Instituto de Pesquisas Filosóficas da Universidade Nacional Autônoma do México - destacou que embora não sigam nenhuma religião, "estão comprometidos na busca da verdade para construir um mundo melhor".

Além de advogar pela paz e a justiça no mundo, Bento XVI reconheceu "com vergonha" - como ele mesmo disse - a violência causada pelos cristãos ao longo da história.

O papa ainda afirmou que o terrorismo, a adoração do poder e as drogas são os "novos rostos" da violência no atual momento do mundo.

http://noticias.terra.com.br/mundo/noticias/0,,OI5441262-EI8142,00-Bento+XVI+destaca+papel+das+religioes+pela+paz+no+mundo.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário