terça-feira, 24 de abril de 2012

A oração traz a presença de Deus


Queridos,

 
A queda da raça humana se iniciou por falta de oração, assim no lugar de conversar com Deus... Eva começou a dialogar com o inimigo de nossas almas, por isso foi seduzida pelo enganador e astuto pai da mentira.

A história teria sido outra se ela houvesse buscado a face de Deus diante do ataque do maligno tentador.


Por isso nosso Senhor Jesus veio com uma missão especial: "Para isto se manifestou o Filho de Deus: para destruir as obras do diabo." 1Jo 3.8.


E quando nosso Senhor Jesus nasceu em Belém recebeu três presentes que indicavam o caráter da sua missão: "Ouro, incenso e mirra." Mt 2.11.


O ouro como metal precioso anunciava a natureza divina e real do Messias (a criança que nascia na manjedoura era o próprio Filho de Deus), o incenso na Escritura está relacionado à oração e ao sacerdócio (a criança que nascia era o Sumo Sacerdote Celeste) e a mirra está relacionado ao sofrimento que Ele teria neste mundo (a criança nascia para morrer pela humanidade como seu Salvador).


O Bendito Galileu foi o Príncipe do Incenso, assim Ele ardia em oração dando cumprimento ao desejo do salmista: "Suba à tua presença a minha oração, como incenso, e seja o erguer de minhas mãos como oferenda vespertina." Sl 141.2.


Amados, a Escritura é o alimento do crente e a oração é seu oxigênio, assim sem alimento ele pode sobreviver alguns dias, mas sem oxigênio ele morre imediatamente. Por isso somos instruídos a orar constantemente.


A oração não só traz a resposta de Deus, traz, sobretudo, a presença de Deus, traz a paz do Céu. Por isso o apóstolo Paulo escreveu: "Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus." Fl 4.6-7


Aprendamos do Gênesis da humanidade, “o que começa mal termina mal”, assim iniciemos nosso dia falando com Deus e mantenhamo-nos em sua presença respirando ares novos longe do ataque do tentador.


A oração não só une o Céu e a Terra, também separa o crente do Tentador, pois ele é guiado só pelo seu Senhor.


Um abraço

Pr. Humberto


Artigo enviado por Vânia R Payrits

Nenhum comentário:

Postar um comentário