quinta-feira, 16 de agosto de 2012

UM ANJO NA FRONTEIRA

Ainda estávamos em território Queniano seguindo de carro para o Sudão, as pedras eram enormes na estrada, assim, íamos tão devagar que à pé chegaríamos antes, era o que fazíamos às vezes para facilitar a vida do nosso pobre carro. 

Do lado direito da estrada(no Quênia trafega-se pela esquerda) havia um homem negro, jovem e bem alto. Ele estava com grande fuzil na mão direita, além do pente original havia mais dois outros anexados em paralelo.

Ele disse que era um soldado da fronteira e pedia que o levássemos até a mesma onde deveria entrar em serviço. 
Estávamos em quatro, além de muitas malas, mas aperta daqui, aperta dali e o sudanês seguiu conosco. Ele foi calado o tempo todo.

Ao chegarmos a uma região inóspita, desértica e sob um sol escaldante o carro quebrou. Ele desceu do carro, afastou-se uns dez passos e ficou o tempo todo perscrutando os matagais secos ao nosso redor.

Faltavam uns dez quilômetros para o posto fronteiriço, aí tive
mos que empurrar o carro a maior parte do percurso e ele nos ajudou muito a empurrar, mas somente com a mão esquerda, a direita não deixou a sua arma um instante sequer. Na fronteira apresentou-nos ao comandante e desapareceu. 

Lembrei-me então quando um experiente missionário havia nos dito na semana anterior: "Cuidado com os matagais, os bandidos ficam escondidos, vocês não os vêm, mas eles, como predadores, estão à suas espreitas."

Como disse alguém: "O inimigo pode estar ao derredor, mas o anjo do Senhor está mais perto, ao redor, entre nós e o inimigo!".
Quando um anjo se manifesta, ele pode dar o livramento ou influenciar alguém para que o faça. Gn 33:1-4.


Há anjos que se manifestam com tal simplicidade, que se parecem uma pessoa como nós. Jos. 5:13 e 14.

 
Há pessoas que são bênçãos tão oportunas que parecem ser anjos de Deus (II SM 14:17; At 12:15). Esse deve ter sido esse caso desse soldado da fronteira, mas... Não importa, ambos são sempre bem vindos!



Somente na semana seguinte, descansando em minha cama, fui rever aqueles momentos que registrara na mini-câmera do meu celular. Pude ver então o nosso anjo sudanês em posição de alerta cuidando de nós.

Anezio Massuia 

Nenhum comentário:

Postar um comentário