terça-feira, 13 de novembro de 2012

Cobrado, Rick Warren se defende e diz que luta pela igreja perseguida

Cobrado, Rick Warren se defende e diz que luta pela igreja perseguida
Pastor Rick Warren se defendeu publicamente da acusação feita recentemente pelo deputado federal Frank Wolf, um Republicano da Virgínia.

Durante uma entrevista de rádio no programa de Janet Mefferd, Wolf afirmou que as igrejas e pastores no Ocidente não estão falando sobre a perseguição contra os cristãos na Ásia e no Oriente Médio.

Ressaltando sua luta pessoal pelos direitos humanos e liberdade religiosa, o deputado cobrou Tenho passado por um momento difícil, me perguntando por que a Igreja do Ocidente não fala mais sobre isso. Onde estão os Bonhoeffers de hoje [pastor luterano que lutou contra Hitler]? Onde está Rick Warren? Onde está John Piper? Onde estão as pessoas? Por que não estão falando sobre isso?.

Wolf apresentou recentemente um projeto de Lei com o objetivo de criar um cargo de enviado especial do Departamento de Estado ao Oriente Médio e Sul da Ásia central para defesa dos direitos das minorias religiosas. A lei, conhecida como HR 440, foi aprovada na Câmara no ano passado, mas não passou no Senado.

O suposto silêncio sobre a perseguição religiosa incomoda o deputado e forçou os pastores a se pronunciar. Warren disse ao The Christian Post que ele e sua igreja têm defendido essa causa há anos.

Por favor, não sejam duros com meu amigo, o deputado Frank Wolf. Ele simplesmente está desinformado sobre o ministério da Igreja de Saddleback. Somos uma voz forte contra a perseguição religiosa, tanto nacional quanto internacionalmente. Ninguém poderia me acusar de manter silêncio sobre esta questão. É uma de minhas paixões!, disse o pastor em um comunicado.

Warren reconheceu Wolf como um grande cristão e um congressista necessário e acredita que o representante de Virgínia está simplesmente mal informado.

Durante anos, a Força-Tarefa de Justiça de Saddleback, composta de nossos advogados, policiais, juízes, etc, tem defendido esta causa. Muitas vezes eu prego sobre a perseguição e a liberdade religiosa. Recebemos aqui muitos convidados especiais para falar sobre este assunto também, declarou Warren, mencionando que Chai Ling, era um grande orador.

Ele também lembrou que a Igreja de Saddleback criou o Fórum Civil sobre a perseguição religiosa e que o Dr. Carl Moeller, que liderou o ministério Portas Abertas durante nove anos, foi um dos pastores na equipe de Saddleback.

Nossa igreja já enviou 16.800 de nossos membros para 196 países através do nosso plano de paz, para servir a igreja e lutar pela liberdade religiosa, destacou. Em janeiro de 2013, o cardeal Timothy Dolan se juntará a mim em outro Fórum Civil de Saddleback, que debate esse assunto. Hoje de manhã eu conheci o embaixador do Departamento de Estado da Liberdade Religiosa Internacional na casa de uma pessoa que mora aqui perto e falamos sobre isso.

Além disso, Warren afirmou que escreve regularmente sobre a perseguição religiosa aos seus 774.000 seguidores no Twitter.

John Piper ainda não se pronunciou oficialmente sobre o assunto.

A missão Gospel for Asia divulgou semana passada que a perseguição dos cristãos na chamada "Janela 10/40" aumentou cerca de 400% nos últimos 10 anos, e por isso, convocou os cristãos a jejuar e orar (mais do que apenas alguns minutos) pela igrejaperseguida.

As pessoas que nunca experimentaram a perseguição não entendem de fato o que significa ter suas vidas ameaçadas, suas casas destruídas, seus direitos violados e as grandes perdas que passaram ao ter abraçado a fé em Jesus Cristo, disse KP Yohannan, fundador e presidente da missão, em um comunicado. Nos 14 países em que atuamos, a perseguição acirrada tornou-se uma forma normal de vida, especialmente para os que estão diretamente envolvidos no trabalho missionário.

A Janela 10/40 é a maneira como foi denominada por missiólogos a localização dos 62 países que formam um retângulo aos graus 10 e 40 acima da linha do Equador. A região engloba o norte da África, o Oriente Médio e a maioria dos países da Ásia, países dominados pelo islamismo, hinduísmo e budismo. Traduzido de The Christian Post.


Leia mais em: Estudos Bíblicos - Cobrado, Rick Warren se defende e diz que luta pela igreja perseguida 

Nenhum comentário:

Postar um comentário