terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Quanto ao dom de línguas.

Amados,

Que o dom de línguas existe, não temos dúvida alguma disso. Inúmeras passagens do Novo Testamento nos atestam isso. Separo algumas:

"E a outro a operação de maravilhas; e a outro a profecia; e a outro o dom de discernir os espíritos; e a outro a variedade de línguas; e a outro a interpretação das línguas." 1 Coríntios 12:10

"E, impondo-lhes Paulo as mãos, veio sobre eles o Espírito Santo; e falavam línguas, e profetizavam."Atos 19:6

"Portanto, irmãos, procurai, com zelo, profetizar, e não proibais falar línguas.".1 Coríntios 14:39

"Que fareis, pois, irmãos? Quando vos ajuntais, cada um de vós tem salmo, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça-se tudo para edificação."1 Coríntios 14:26


Também o termo "desconhecida" não se encontra nos textos em grego e sim somente o termo línguas. Temos em literaturas e também já presenciamos irmãos falarem em línguas nunca estudas e serem entendidos por pessoas que eram dessas nações ou que conheciam o idioma falado nas línguas, isso no presente e não no passado.

O falar em línguas no início do século XX não aconteceu apenas na costa leste americana, mas também em outras nações como no avivamento armênio e no avivamento leto. Inclusive conheci pessoalmente muitos batistas letos que conosco conviveram que foram batizados no Espírito Santo e falavam em outras línguas. Também tanto os armênios como os letos saíram de suas nações imigrando para países americanos alertados por diversas profecias. 

Embora possamos ter alguns exageros em algumas Igrejas Pentecostais quando ao assunto dons do Espírito, isso não invalida os verdadeiros dons do Espírito.

Ivo Prado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário