sexta-feira, 10 de maio de 2013

EVANGÉLICOS SÃO MAIORIA ENTRE OS JOGADORES BRASILEIROS DE FUTEBOL



Evangélicos são maioria entre os jogadores brasileiros de futebol

No Brasil atual os jogadores de futebol são muitas vezes reconhecidos como festeiros, mas isso pode acabar mudando de acordo com uma pesquisa realizada sobre o perfil religioso de muitos jogadores profissionais brasileiros.


A pesquisa, realizada pelo UOL Esportes, perguntou aos jogadores do Corinthians, Botafogo, Atlético-MG, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Santos, São Paulo e Vasco da Gama se “você é religoso, se sim, qual a sua religião? E a maioria surpreendente respondeu ser evangélico.

De acordo com a pesquisa, no futebol brasileiro 18% são católicos, os sem religião somam 19%, os evangélicos somam 35% sendo 2% deles da igreja Batista. No total os evangélicos são quase o dobro dos católicos no futebol brasileiro.

Na Copa do Mundo de 2010 a Seleção Brasileira ficou conhecida por possuir diversos jogadores evangélicos, e um pastor fazia orações e reuniões com os jogadores em alguns momentos de folga da seleção.

Dentre os nomes famosos que compõe a lista dos jogadores evangélicos brasileiros estão: o atacante Neymar do Santos, goleiro Jefferson do Botafogo, meio-campo Rivaldo do São Caetano, assim como também o zagueiro Lúcio e o centroavante Luís Fabiano ambos do São Paulo, o volante Souza do Grêmio, o lateral-direito Leonardo Moura do Flamengo, todos confessam abertamente sua crença no cristianismo evangélico.

Internacionalmente temos: o tão famoso Kaká do Real Madrid, o volante Felipe Melo do Galatasaray e o zagueiro David Luiz do Chelsea. Outro famoso evangélico jogador de futebol é o colombiano do Atlético de Madrid, Falcão Garcia.

Entre ex jogadores destacam-se o lateral Zé Carlos ex Seleção brasileira, o lateral Jorginho e o meia Silas, que hoje são técnicos de futebol, o meio-campo Marcelinho Carioca, ex Corinthians e Flamengo e o volante Roberto Brum, ex Santos e hoje pastor, dentre outros.

Leyla Lima

leylalima@portaldt.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário