quarta-feira, 17 de julho de 2013

BASES BÍBLICAS PARA IGREJA EM CÉLULAS.

 Jetro, cheio de sabedoria, observou que seu genro Moisés passava praticamente o tempo todo julgando e resolvendo as questões do povo hebreu, o que lhe era tremendamente estafante, não lhe restando tempo nem forças para outras atividades também importantes. Aconselhou-o então a dividir o povo em pequenos grupos com chefes de mil, de cem, de cinqüenta e de dez para que resolvessem as questões básicas do povo. Moisés pode então exercer uma liderança eficaz entre o povo. Nem por isso Moisés perdeu poder, ao contrário, ele cresceu ainda mais (Êxodo 18. 1 a 27). 
 
O ministério de Jesus foi o exemplo de um pequeno grupo. Liderou por cerca de 3,5 anos um grupo básico de 12 pessoas e estes, após o Pentecostes, multiplicando-se mudaram a história do mundo e a nossa sorte.
 
A Igreja Iniciante se reunia no templo judeu e nos lares - Atos 2. 46 e 47 e 5. 42.
 
Em Atos 20.20 Paulo anunciava o evangelho de casa em casa.
 
No capítulo 16 da carta de Paulo aos romanos ele faz recomendações e saudações a vários líderes dirigentes (pastores) de igrejas caseiras, conhecidos e treinados por ele na Ásia, inclusive mulheres (Priscila e Áquila, Epêneto, Maria, Andrônica e Junia, Urbano, Trifena e Trifosa, Pérside, Júlia e outros, além de Febe). Cita ainda nominalmente 05 igrejas caseiras (versos 5, 10, 11, 14 e 15).
 
Outras citações:- I Coríntios. 16.19, Gálatas 1.2, Filipenses 4.22, Colossenses 4.15, II Timóteo 4.19, Filemon 2, etc.

Não nos surpreende que as "igrejas caseiras" tornaram-se

o ponto chave no crescimento do evangelho e da fé cristã.

Ivo Gomes do Prado

Nenhum comentário:

Postar um comentário