quinta-feira, 18 de julho de 2013

O QUE SÃO AS CÉLULAS OU GRUPOS FAMILIARES

São os pequenos grupos de no máximo 20 pessoas se reunindo nos lares principalmente ou em outros lugares pré-determinados onde o líder é o que serve coordenando (facilitando) os trabalhos. Esses grupos contam com a participação de todas as pessoas. Devem estar presentes os fatores a seguir:-

É um grupo de encontro em comunhão (koinonia) onde podemos abrir os nossos corações para ajudarmos e recebermos ajuda, onde todos se conhecem e se amam. A solidão é um dos grandes males da humanidade e em nossas comunidades também encontramos pessoas solitárias. Vêm aos cultos entram, sentam-se, ouvem, às vezes cantam, outras vezes até recebem orações, levantam-se, vão embora e rapidamente estão vazios e solitários novamente. Em uma célula saudável isso não acontece, pois há comunhão entre as pessoas, todas se conhecem e se amam como são. Podemos abrir nossos corações, contar nossas frustrações e anseios para recebermos ajuda ministrando-nos mutuamente, quebrando as fortalezas do "inimigo". Não somos mais anônimos, cumprindo-se o "Amai-vos uns aos outros".

E um grupo de exaltação:- nós fomos criados para exaltar e adorar a Deus, e sabemos que "Deus habita no meio dos louvores...", e a adoração é levada a todas as partes da cidade através de nossa palavra, orações e cânticos.

É um grupo de edificação que estuda a palavra de Deus através de reflexões semanais baseadas na mensagem pastoral do culto de celebração de domingo à noite. São reproduzidas, distribuídas a cada participante e estudadas item a item sob a coordenação do líder e participação de todos. Ao contrário da "Igreja Histórica de Programas", todos têm oportunidade de participar. Todos são discipulados em estudos complementares da Palavra semanalmente nas células, no templo e em seminários intensivos.

É um grupo de evangelismo. Todos se esforçam para levar outras pessoas necessitadas e problemáticas a ouvirem a mensagem de libertação e salvação em Jesus Cristo, nosso Senhor. Todos temos o nosso OIKÓS (família e círculo de amizades), por eles oramos preparando-nos para levar-lhes a mensagem do amor de Deus. Todos se alegram quando chega a hora de subdividir, ou melhor, multiplicar o grupo, pois entendem que o mesmo está cumprindo fielmente a sua finalidade:- a de engrandecer o REINO DE DEUS na terra, abrindo-se mais uma frente onde o Senhor há de atuar. Nessa tarefa um grupo ajuda o outro e todos se ajudam mutuamente em amor.

É o cumprimento da "Grande Comissão". Jesus, antes de ascender aos céus, deixou-nos uma grande comissão:- "Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura", ou como diz a versão NVI:- "Vão pelo mundo todo e preguem o evangelho a todas as pessoas" (Marcos 16:15). Os bandidos e marginais gostam muito quando os policiais permanecem em seus quartéis em reuniões, treinamentos, exercícios e serviços burocráticos, pois têm plena liberdade de ação. Quando os policiais desempenham suas funções nas ruas, os "fora-da-lei" são capturados e encarcerados. Assim também acontece com o espiritual, ficamos muitas vezes nos reunindo, treinando, exercitando, organizando grandes "correntes", campanhas e orando pedindo a Deus que os pecadores venham para dentro das Igrejas para serem salvos. A Palavra de Deus nos diz para irmos levar a pregação do evangelho lá onde as pessoas estão, sedentas e famintas, fazendo-os discípulos de Jesus. Os bandidos (demônios) tremem de medo quando a Igreja cumpre o mandado do Senhor literalmente. Todos já somos capacitados para essa tarefa, temos recebido do Espírito Santo o poder do Alto para ser testemunhas verdadeiras do evangelho.


Ivo Gomes do Prad

Nenhum comentário:

Postar um comentário