domingo, 21 de julho de 2013

VOCÊ JÁ SE ARREPENDEU DO QUE FALOU?


A Bíblia diz que aquele que não tropeça no falar é um perfeito varão. 

Quem muito fala, muito erra. Nossa língua é indomável. O homem doma as feras do campo, os peixes do mar e as aves do céu, mas não consegue domar sua língua. 

Quando ficamos irados, falamos o que gostaríamos de falar, com a entonação de voz que não gostaríamos de usar e acabamos machucando as pessoas que menos gostaríamos de ofender. É muito comum nos arrependermos do que falamos. 

Porém, até o tolo quando se cala é tipo por sábio. A Bíblia diz que vamos dar contas no dia do juízo por todas as palavras frívolas que proferimos. 

Precisamos ser cautelosos com nossas palavras, pois elas mesmas nos julgarão no dia do juízo. Nossas palavras precisam ser medicina para a alma e não veneno para o coração. Precisam ser agentes de vida e não instrumentos de morte. Precisam glorificar a Deus e não denegrir o próximo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário