terça-feira, 5 de novembro de 2013

A CONVERSÃO DO "BUNDA-PELADA", HOJE PR. JOSUÉ

A Conversão do Bunda Pelada

A Conversão do Bunda Pelada
Há um testemunho que está mexendo com muita gente no Norte da África. 
Libéria, este país fez o mundo chorar com uma guerra civil de quinze anos de sofrimento e dor. Além da violência sem parâmetros, o recrutamento de crianças foi sem precedentes. Sem falar na imensidão de estupros de crianças à mulheres idosas.
Um dos principais líderes, o genocida "Bunda Pelada" foi um caso à parte na crueldade. 
Jovem feiticeiro, decidiu entrar na guerra pela sua tribo. Uma das condições do pacto satânico para fechar o seu corpo, foi iniciar suas matanças totalmente nu. Logo passou a ser chamado por este apelido "Bunda Pelada".
Era uma cena bizarra. Armado de seu facão e metralhadora ele chegava nos povoados e casas das tribos adversárias sem roupa alguma. Seu porte alto e forte, mais sua crueldade logo lhe conquistaram lugar de destaque na guerra, tornando-se general.
Milhares de estupros. Milhares de crianças obrigadas a entrar em seu batalhão. Ele próprio calcula que matou mais de 20 mil pessoas. Mais macabro ainda: bebia o sangue das vítimas e comia seus corações.
Um dia, um servo de Deus recebeu um comando:
-VÁ AO ACAMPAMENTO DO GENERAL BUNDA PELADA E FALA DO MEU AMOR E PERDÃO PARA ELE!
Sabendo que só sairia de lá por um milagre, o irmão cumpriu a ordem. O jovem possesso inexplicavelmente recebeu a mensagem e até a oração, confessando Jesus superficialmente. Descarregou, no entanto, seu ódio sobre o seu soldado que permitira a entrada, metralhando-lhe o joelho.
Na segunda vez que retornou ao acampamento já encontrou um homem diferente. Ao ensinar-lhe Jo. 3:16, viu aquele homem converter-se.
Após sua conversão, ele abandonou a guerra, fundou o ministério "Trem do fim dos tempos" e está agora pregando o evangelho nos países do norte da África, Pastor Josué é seu novo nome. Busca os ex soldados mirins e lhes dá abrigo, comida e roupa.
Casou com uma pastora e tem 3 filhos, estando agora com 42 anos.
Anda de casa em casa nos vilarejos onde antes entrava nu e vai nos lares dos sobreviventes de suas atrocidades e pede perdão.
Se um dia for julgado e condenado à prisão perpétua, ou à morte, ele declara:
-Aceitarei. Creio que diante de Deus, estou perdoado. Creio que minha alma está salva!         (Velho Beduíno)
 Ore por este homem, e se desejar conhece-lo melhor receba-o como amigo no Facebook: Joshua Milton Blahyi
Há um testemunho que está mexendo com muita gente no Norte da África. 

Libéria, este país fez o mundo chorar com uma guerra civil de quinze anos de sofrimento e dor. Além da violência sem parâmetros, o recrutamento de crianças foi sem precedentes. Sem falar na imensidão de estupros de crianças à mulheres idosas.

Um dos principais líderes, o genocida "Bunda Pelada" foi um caso à parte na crueldade. 

Jovem feiticeiro, decidiu entrar na guerra pela sua tribo. Uma das condições do pacto satânico para fechar o seu corpo, foi iniciar suas matanças totalmente nu. Logo passou a ser chamado por este apelido "Bunda Pelada".

Era uma cena bizarra. Armado de seu facão e metralhadora ele chegava nos povoados e casas das tribos adversárias sem roupa alguma. Seu porte alto e forte, mais sua crueldade logo lhe conquistaram lugar de destaque na guerra, tornando-se general.

Milhares de estupros. Milhares de crianças obrigadas a entrar em seu batalhão. Ele próprio calcula que matou mais de 20 mil pessoas. Mais macabro ainda: bebia o sangue das vítimas e comia seus corações.
Um dia, um servo de Deus recebeu um comando:

-VÁ AO ACAMPAMENTO DO GENERAL BUNDA PELADA E FALA DO MEU AMOR E PERDÃO PARA ELE!

Sabendo que só sairia de lá por um milagre, o irmão cumpriu a ordem. O jovem possesso inexplicavelmente recebeu a mensagem e até a oração, confessando Jesus superficialmente. Descarregou, no entanto, seu ódio sobre o seu soldado que permitirá a entrada, metralhando-lhe o joelho.

Na segunda vez que retornou ao acampamento já encontrou um homem diferente. Ao ensinar-lhe Jo. 3:16, viu aquele homem converter-se.

Após sua conversão, ele abandonou a guerra, fundou o ministério "Trem do fim dos tempos" e está agora pregando o evangelho nos países do norte da África, Pastor Josué é seu novo nome. Busca os ex soldados mirins e lhes dá abrigo, comida e roupa.


Casou com uma pastora e tem 3 filhos, estando agora com 42 anos.
Anda de casa em casa nos vilarejos onde antes entrava nu e vai nos lares dos sobreviventes de suas atrocidades e pede perdão.

Se um dia for julgado e condenado à prisão perpétua, ou à morte, ele declara:
-Aceitarei. Creio que diante de Deus, estou perdoado. Creio que minha alma está salva! (Velho Beduíno)

Ore por este homem, e se desejar conhece-lo melhor receba-o como amigo no Facebook: Joshua Milton Blahyi

Recebido do Pr. Anésio Massuia (O Velho Beduíno)

Nenhum comentário:

Postar um comentário