quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

LEGALISMO, UM CALDO MORTÍFERO - Hernandes Dias Lopes


Os fariseus dos tempos de Jesus eram meticulosos observadores dos preceitos externos da lei, mas transgrediam-na em sua essência. 

Gostavam de ser vistos pelos homens, mas não passavam na avaliação interna feita por Deus. Faziam propaganda de uma espiritualidade que não possuíam. Vendiam uma imagem super-dimensionada deles mesmos. Viam um cisco no olho do próximo, mas não enxergavam uma trave em seus próprios olhos. 

Eram como sepulcros caiados: belos por fora e cheios de rapina por dentro. Precisamos nos acautelar acerca desse caldo mortífero que ainda perturba profundamente a igreja de Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário