segunda-feira, 26 de maio de 2014

DICAS PARA PREVENIR PROBLEMAS DE COLUNA

Boas dicas para prevenir a hérnia de disco.
Nove dicas para prevenir problemas de coluna

Quem tem ou teve problemas de coluna sabe como é difícil lidar com a dor e o incômodo causado por ela. No entanto, para evitar e até aliviar as dores, o neurocirurgião, especialista em coluna, Eduardo Iunes dá algumas dicas, com base na pesquisa realizada pela Sociedade Norte-Americana de Coluna – “9 for Spine”.

1. Exercite-se regularmente para melhorar a saúde e reduzir as chances de dor nas costas

Para se manter saudável, sua coluna precisa de um regime regular de alongamento, fortalecimento e exercícios de condicionamento aeróbico, tais como natação, yoga, musculação e caminhadas. “Sem exercício, os músculos podem ficar fracos e sem condicionamento, o que pode levar a dores nas costas e a lesões. Se você tiver dúvida sobre a prática esportiva mais apropriada para você, consulte um especialista, antes de iniciar a prática esportiva, visando encontrar os exercícios certos para ajudá-lo a permanecer saudável, sem estresse, forte e livre de dor nas costas”, orienta o neurocirurgião Eduardo Iunes.

2. Não fume

Muitos especialistas em coluna relatam que os fumantes são mais propensos a sofrerem com dor nas costas do que os que não fumam. “Acredita-se que o fumo restringe o fluxo de sangue para os discos que amortecem as vértebras, reduz a absorção de cálcio e impede o crescimento de novos ossos. Muitos cirurgiões de coluna relutam em realizar certas cirurgias, como a fusão de coluna, em pacientes que fumam devido às possíveis intercorrências no pós-operatório”, diz o médico.

3. Mantenha um peso corporal saudável

O peso extra, particularmente quando concentrado na região abdominal, muda o centro de gravidade do corpo, deslocando-o para frente e realizando uma tensão desnecessária sobre os músculos das costas e dos tecidos circundantes. “Por outro lado, a magreza extrema, que também pode ser acompanhada por baixa massa óssea, também coloca o paciente em risco de desenvolver osteoporose. O ideal é contar com acompanhamento médico para determinar e manter o peso ideal durante a vida”, recomenda Eduardo Iunes.

4. Mantenha os músculos das costas fortes

Músculos fracos e sem condicionamento no abdômen e nas costas não oferecem um apoio apropriado à coluna, podendo levar ao aparecimento de dor e ao risco de lesões. “É preciso buscar o fortalecimento da musculatura desta região do corpo, praticando exercícios, com orientação médica, que visem alongar e fortalecer as costas e os músculos abdominais, como yoga ou pilates”, diz o neurocirurgião.

5. Observe as orientações de mecânica corporal quando você se levantar e se abaixar

“Se você deve levantar ou mover algo pesado, faça isto com segurança. Encontre um parceiro para compartilhar a carga. Em vez de puxar ou levantar um objeto pesado, empurre-o”, ensina o especialista em coluna.

6. Verifique e altere a sua postura frequentemente ao usar seu laptop, smartphone ou tablet

Graças à tecnologia, sentir dores nas costas nunca foi tão fácil! O uso de tablets, smartphones e laptops todo o dia (e noite) pode causar dor no pescoço e tensão nas costas. “Estar conectado 24 horas por dia pode realmente adicionar estresse à vida, o que pode levar a dores nas costas. Se você deseja limitar a sua dor nas costas, limite também o uso da parafernália eletrônica. Se você precisa usar seus gadgets, mantenha uma postura neutra na coluna e observe se a tela está na altura dos olhos, sempre que possível. Assim que você completar 30 minutos de uso, levante-se, espreguice-se e faça uma pausa no uso dos eletrônicos, quebrando assim a atividade mecânica do corpo”, recomenda Eduardo Iunes.

7. Reduza o estresse

Há uma forte ligação entre estresse e a dor na coluna. A resposta do organismo ao estresse pode ser dada pela tensão muscular nas costas, que pode causar espasmos dolorosos. “No manejo da dor crônica nas costas, é fundamental reduzir o estresse tanto quanto possível, mesmo que isso signifique desligar o smartphone após o trabalho, ir a um terapeuta, aprender técnicas de relaxamento ou praticar exercícios físicos mais regularmente. Gerenciar bem o estresse pode ajudar a prevenir que a dor nas costas ocorra”, ensina o médico.

8. Mantenha os ossos fortes e saudáveis, tomando cálcio, vitamina D e praticando exercícios

Como a coluna tem 33 dos 206 ossos do nosso corpo, a saúde geral está ligada à saúde óssea. “Para reduzir a chance de sofrer com osteoporose, verifique com seu médico se você precisa tomar suplementos de cálcio e/ou vitamina D. Faça exercícios com regularidade. Caminhada, alongamento, yoga, pilates e musculação (sob orientação) desencadeiam um aumento da densidade óssea muito benéfica para prevenir dores na coluna”, informa Eduardo Iunes.

9. Moderação! Se você não pratica exercícios físicos com frequência, nada de exagerar nas práticas esportivas no fim de semana

Se você trabalha duro de segunda a sexta, não declare “guerra” ao seu organismo, fazendo exercícios intensos ou todas as tarefas domésticas no fim de semana. “É provável que você acabe ficando doente na segunda por causa da tensão muscular dolorosa. A melhor aposta para se manter saudável e livre de dor na coluna é manter o mesmo ritmo, durante toda a semana, em suas tarefas e nos exercícios físicos. Um regime regular de alongamento, musculação e exercícios aeróbicos de condicionamento são melhores para a coluna do que uma única explosão de exercício intenso no sábado”, alerta o neurocirurgião.

Fonte:/espaco-dr-coluna

Se também consideram importante,curta Dicas de saúde e Coluna e COMPARTILHE PARA ajudar informar mais pessoas!

https://www.facebook.com/dr.alexandrereiselias

quarta-feira, 7 de maio de 2014

DOIS NOVOS SANTOS MÍTICOS



DOIS NOVOS SANTOS MÍTICOS
“E veio um dos sete anjos que tinham as sete taças, e falou comigo, dizendo-me: Vem, mostrar-te-ei a condenação da grande prostituta que está assentada sobre muitas águas; Com a qual se prostituíram os reis da terra; e os que habitam na terra se embebedaram com o vinho da sua prostituição”.  (Apocalipse 17.1-2)



O papa João Paulo II e o papa João XXIII são as últimas edições da santidade mítica de Roma. O Serviço de Informação do Vaticano informou que cerca de meio milhão de pessoas lotaram a Praça de São Pedro e arredores para testemunhar a cerimônia de canonização, na manhã de 27 de Abril.
Participaram delegações de mais de 100 países. Havia 20 chefes de Estados e muitas figuras do mundo político e cultural, incluindo o rei e a rainha da Espanha, o rei e a rainha da Bélgica, o presidente da União Europeia e o presidente da Comissão Europeia. Hinos especiais foram escritos e cantados em homenagem aos dois papas.
O papa Francisco fez o seguinte pronunciamento:
Nós declaramos e definimos a Bênção de João XXIII e João Paulo II se tornarem santos e os inscrevemos entre os santos, decretando que eles devem ser venerados como tais por toda a Igreja”.
João Paulo II foi posto em uma “via rápida para a santidade” por causa de sua grande popularidade e do seu papel no aumento considerável da estatura e da popularidade do catolicismo romano nesta geração. Ambos os papas tiveram um papel enorme em promover o ecumenismo do fim dos tempos.
João XXIII foi o organizador do Concilio Vaticano II, na década de 60, que abriu as portas para as relações ecumênicas de Roma com os protestantes e batistas e preparou o caminho para a criação da apóstata “igreja” una-mundial [católica, universal, carismática, pentecostal, ecumênica], descrita em Apocalipse 17.
Ambos os papas eram grandes veneradores de Maria. Gravado no caixão de madeira de João Paulo II foi observado, no que tem sido chamado de “o maior funeral do mundo”, uma grande letra M, para Maria (The Meninge Standard, de Londres, 08 de Abril de 2005).
Quando eleito papa em 1978, dedicou seu pontificado à Maria, tendo como lema episcopal as palavras latinas “Totus Tuus”, que significa “Totalmente Seu” (A Devoção de João Paulo II à Maria, Inside the Vatican, Encarte Especial, Maio de 1996). Ele mantinha estas blasfemas palavras de devoção à Maria bordadas em suas vestes papais.
Em sua autobiografia Cruzando o Limiar da Fé, que vendeu quatro milhões de cópias só no primeiro ano, ele afirmou:
Durante a Segunda Guerra Mundial, enquanto eu trabalhava como operário de fábrica, eu fui atraído à devoção Mariana... Maria é a nova Eva, colocado por Deus em relação com Cristo, o novo Adão... a Mãe de Deus participa de uma forma única na Ressurreição e na Glória de seu próprio Filho...”

A Bíblia condena esta heresia nos mais claros termos.

Eu sou o SENHOR; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei, nem o meu louvor às imagens de escultura”. - Isaías 42.8.

“Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem”. - 1 Timóteo 2.5.

Em 1958, o Vaticano reconheceu que a Maria que eles veneram é a mesma antiga deusa pagã denominada “rainha dos céus”, que no tempo de Jeremias fez com que os rebeldes israelitas do Velho Testamento atraíssem sobre si a aplicação dos justos juízos de DEUS. (Jeremias 7.18; 44.17-19 e 25-30).

Traduzido e adaptado de texto divulgado pelo boletim Friday Church News Notes do The Way of Life Literature, em 02 de Maio de 2014. Por David Cloud.
Cópia de e-mail do Pr. Barbosa Neto - pastorbarbosaneto@gmail.com