domingo, 2 de agosto de 2015

HISTÓRIA DO HINO "SOU FELIZ" (SE PAZ A MAIS DOCE...)

HISTÓRIA DA MÚSICA “SOU FELIZ” (ORIGINAL: “IT IS WELL WITH MY SOUL”) DE HORATIO GATES SPAFFORD

“Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações, pois vocês sabem que a prova da sua fé produz perseverança”. (Tg 1:2-3)
De início, quando olhamos para o título desta canção, que traduzido diretamente do inglês é “Está Tudo Bem com Minha Alma”, tiramos algumas pequenas conclusões que remetem a um sentimento de alegria e gratidão. Quando alguém diz que sua alma está bem, em paz, feliz, problemas e tribulações não são as primeiras coisas que chegam a nossa mente. Mas, em quais circunstâncias o Sr. Spafford escreveu esta canção? Vamos à história.
Este hino foi escrito por Horatio Gates Spafford, nascido em 1828. Ele foi um presbiteriano convertido a Cristo através do evangelista Moody (um grande evangelista e avivalista do século 19). Horatio se tornou um advogado próspero na cidade de Chicago e mesmo depois de seu sucesso financeiro, continuou mantendo um relacionamento estreito com Moody e com um profundo interesse pelas campanhas de evangelização. Tinha apurado gosto pela música e era devotado ao estudo das Escrituras.
Horatio tinha feito pesados investimentos financeiros em uma área da cidade de Chicago, onde, no dia 9 de outubro de 1871, acontece um dos maiores incêndios da história dos EUA. Este incêndio matou centenas de pessoas e deixou milhares desabrigados. Horatio teve uma grande perda financeira por causa deste incêndio que destruiu cerca de um terço da cidade, mesmo assim, ele e sua esposa trabalharam intensamente durante 2 anos ajudando as vítimas a reestruturarem suas vidas.
Não bastasse esse terrível abalo financeiro, Spafford passou por uma dolorosa perda de um filho. Esta morte trouxe grande sofrimento para toda a família.
Horatio Spafford , procurando um tempo de refrigério e descanso, resolveu viajar com a esposa (Anna Tubena Larsen) e suas quatro filhas: Anna (Annie), Margaret (Maggie), Elizabeth (Bessie), and Tanetta, para a Europa, onde se encontraria com Moody e Sankey em uma cruzada evangelística na Inglaterra, em 1873.
Em novembro daquele ano, devido a inesperados compromissos de negócios, Spafford precisou permanecer em Chicago; mas ele enviou sua esposa e as suas quatro filhas conforme já estava programado, no navio S.S. Ville du Havre. Sua expectativa era seguir viagem dias depois.
Durante a viagem, o navio sofreu um acidente e naufragou em 12 minutos. Dias depois, os sobreviventes finalmente chegaram a Cardiff, no País de Galles, e a senhora Spafford mandou um telegrama ao seu marido: “SALVA, PORÉM SÓ”. As quatro filhas do casal morreram no acidente.
Imediatamente após receber o telegrama da esposa, Spafford tomou um navio e foi ao seu encontro. Próximo ao local do acidente, Spafford, profundamente comovido e sustentado pelo Deus que inspira canções, compôs um dos mais belos hinos da história.
Deus não quer que você sofra, mas na dor Ele vem com Sua Mão tocar em nossos corações, trazendo paz, nos fazendo prosperar e perseverar. Ele mesmo enviou Seu Único e amado Filho ao mundo para morrer por todos nós.
Spafford teve grandes perdas, de forma catastrófica, não natural. Teve um pedaço de si arrancado do peito, mas mesmo assim não deixou de se alegrar em Jesus. Apesar destes acontecimentos que causaram dor e tristeza, ele não se afastou do Senhor. Foi um momento em que ele pode sentir o conforto, a paz que está acima de todo o entendimento humano, que só Cristo pode dar.
“Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize”. (João 14.27)
Que Deus nos ajude a vencer a cada dia.
Como nos acostumamos com as traduções/versões das músicas em nossa própria língua, perdemos a profundidade e inspiração das letras originais dos hinos. Diante da história contada, segue a tradução literal do hino e depois a versão mais conhecida em português.
TRADUÇÃO LITERAL:
Quando a paz, como um rio, atravessa o meu caminho
Quando tristezas como as ondas do mar me inundam
Seja o que for a minha porção,
Tu me ensinas que tudo está bem com a minha alma.
Tudo está bem, tudo está bem com minha alma.
Ainda que Satanás me ataque, se provações me vêm
Que eu deixe esta segurança controlar-me:
Cristo já considerou a minha triste situação,
E derramou o Seu próprio sangue pela minha alma.
Para mim, portanto, viver é Cristo daqui pra frente.
Se o Jordão acima de mim rolar,
Nenhuma dor intensa provarei,
Pois na morte e na vida Tu hás de sussurrar paz para a minha alma.
Senhor, é por Tua vinda que nós esperamos
O céu, e não o túmulo, é o nosso alvo.
Ó trombeta do anjo, ó voz do Senhor,
Esperança e descanso abençoados da minha alma!
VERSÃO CONHECIDA EM PORTUGUÊS:
Se paz a mais doce me deres gozar,
Se dor a mais forte sofrer,
Oh! seja o que for, tu me fazes saber
Que feliz com Jesus sempre sou!
Sou feliz com Jesus, sou feliz com Jesus, meu Senhor!
Embora me assalte o cruel Satanás
E ataque com mil tentações,
Oh! certo eu estou, apesar de aflições,
Que feliz eu serei com Jesus!
Meu triste pecado, por meu Salvador,
Foi pago de um modo cabal;
Valeu-me o Senhor, oh! mercê sem igual!
Sou feliz! Graças dou a Jesus!
A vinda eu anseio do meu Salvador
Virá conduzir-me ao Lar:
O céu, onde vou para sempre morar
Com remidos na luz do Senhor!
Clique aqui e ouça “Sou Feliz” na versão de Fernandinho https://www.youtube.com/watch?v=0Xz0uGRbrwc
https://ricapromessa.wordpress.com/2012/12/31/historia-da-musica-sou-feliz-original-it-is-well-with-my-soul-de-horatio-gates-spafford/

Nenhum comentário:

Postar um comentário