quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Morreu o Pr. Enéas Tognini aos 101 anos.


Morreu o Pr. Enéas Tognini...


Que homem extraordinário! Quando lemos as Escrituras nos maravilhamos com homens de Deus que enfrentaram grandes lutas e mantiveram a sua fé até o fim.

A quem poderia comparar o pastor Enéas? Ao pensar na sua vida e feitos, imediatamente lembrei-me do profeta Daniel.

A exemplo de Daniel, o pastor Enéas foi um homem longevo, que se manteve íntegro durante toda a sua vida, influenciando a muitos, seja no âmbito eclesiástico seja no político; seja no espectro amplo das multidões ou no relacionamento pessoal.

Enquanto era diretor do Colégio Batista Brasileiro, Enéas teve uma experiência sobrenatural com Deus. Tal experiência, ainda que lhe tornasse uma pessoa muito mais cheia do Espírito Santo, provocou mudanças pessoais, familiares e ministeriais. 

Ao deixar a Convenção Batista Brasileira, Enéas foi fundador da Convenção Batista Nacional, como também, um dos maiores ícones do avivamento entre os Batistas no Brasil.

À parte da sua grande cultura teológica, e das suas realizações, pastor Enéas marcou-me pela vida ilibada, pelo comportamento humilde inerente aos grandes, pela firmeza na fé, pela seriedade com as coisas de Deus, e sobretudo, pela resiliência demonstrada em sua longa vida de ministro, servo, e homem de família.

O Pastor Enéas é o nosso Billy Graham. Compartilhando a mesma envergadura espiritual que o grande evangelista, assim como sua paixão pelas almas, o pastor Enéas Tognini deixa o Brasil mais pobre, na mesma proporção que enriquece o céu.

Nesse momento, ele já está na presença do Rei Jesus, e aguarda para receber a sua coroa no dia em que todos os que cremos estaremos diante do trono (Bema) de Cristo.

Agradeço a Deus por ter tido momentos muito especiais com ele.


Lamartine Posella

Nenhum comentário:

Postar um comentário