quarta-feira, 9 de setembro de 2015

PASTOR ENÉAS TOGNINI ESTÁ NA GLÓRIA.

PASTOR ENÉAS TOGNINI ESTÁ NA GLÓRIA.



Com pesar, comunico o falecimento do colega e amigo amado pastor Enéas Tognini.
Pastor, professor, escritor,  fundou o Seminário Teológico Batista Nacional (STBN), e a Igreja Batista do Povo. Avivalista, é reconhecido como um dos maiores responsáveis pelo movimento de renovação espiritual da Igreja Evangélica Brasileira e pela criação da Convenção Batista Nacional.
A saudade causada pela ausência do nosso Pastor Enéas é compensada pela lembrança dos muitos frutos deixados e pela certeza de que nos encontraremos na Glória.
Que o Espírito Santo de Deus console os familiares, as ovelhas da IBP e os amigos!

Pr. Jonas Neves de Souza
Igreja Batista do Povo


Culto

● Teremos dois Cultos Cerimoniais na Igreja Batista do Povo
> Rua Domingos de Morais, 1100, Vila Mariana, São Paulo – SP  MAPA
- Hoje, 09/09, às 19h30
- Amanhã, 10/09, às 13h

Velório

 O corpo do Pr. Enéas Tognini será velado hoje (09/09), na Igreja Batista do Povo a partir das 14h30
> Rua Domingos de Morais, 1100, Vila Mariana, São Paulo – SP  MAPA

Sepultamento

 O corpo será enterrado amanhã, quinta-feira (10/09), às 15h, no Cemitério São Paulo
> Rua Cardeal Arcoverde, 1250, Pinheiros, São Paulo - SP MAPA



Conheça um pouco da historia desse querido homem de Deus

Filho de italianos, nasceu em 20 de abril de 1914 em Avaré. Converteu-se em 1932 aos 18 anos em Campo Grande - Mato Grosso, onde foi criado. Em 1933 se batizou e em 1938, atendendo ao chamado pastoral já estava no Seminário Batista do Sul no Rio de Janeiro. Formou-se em 1941, ano que foi ordenado ao ministério da palavra e neste mesmo ano assumiu a Igreja Batista do Barro Preto em Belo Horizonte e casou-se com Nadir.
Em 1946 veio para São Paulo, e assumiu a Igreja Batista de Perdizes e por 17 anos trabalhou no colégio Batista como, professor, vice-diretor e diretor. Em 1957 fundou a Faculdade Teológica Batista em SP. Em 1958 foi batizado com o Espírito Santo e após ser convocado pelo Senhor, entregou tudo em favor da obra do Avivamento no Brasil. Viajou cerca de 20 anos pelo Brasil promovendo o Avivamento. Em 1962 estava com Billy Graham em sua vinda ao Brasil, sendo um dos coordenadores da Cruzada.
Em 1963 criou o Dia Nacional de Jejum pelo Brasil, obtendo muito resultado em convocar o país para orar e na oração reverter a crise que se instalava.
Foi um dos fundadores da Convenção Batista Nacional em 1967. Em 1979 iniciou um trabalho na Casa de Portugal, SP, com cultos de avivamento. Esse trabalho resultou na fundação da Igreja Batista do Povo em 1981.
Sua esposa Nadir faleceu e tempo depois casou-se com Élia. Em 1981 fundou também o Seminário Batista Nacional que hoje leva seu nome. Em 1999 o Pr. Enéas entregou o pastorado da Igreja Batista do Povo para o Pr. Jonas Neves.
Em 2002 recebe o título de cidadão paulistano. No ano de 2004 foi eleito presidente da Sociedade Bíblica do Brasil e condecorado confrade da Academia Evangélica de Letras do RJ.
Em 2006 lançou sua autobiografia e foi reeleito presidente da SBB. Foi em 2008 condecorado confrade agora da Academia Evangélica de Letras de SP. A Sociedade Bíblica do Brasil lançou em 2009 a Bíblia do Avivamento em homenagem ao Pr. Enéas Tognini. Seu livro mais recente: Você está cheio do Espírito Santo? foi lançado em 2011, ano que completou 70 anos de ministério.
Em 2014, ano do seu centenário, foi inaugurado o Memorial Enéas Tognini, para homenagear e perpetuar a história de um dos principais avivalistas e evangelistas do Brasil, Enéas Tognini, escritor de mais de 45 livros, pastor, pai de três filhas, avo de 3 netos e 5 bisnetos e principalmente um homem de fé a serviço do Rei Jesus!
Atualmente era Pastor emérito da Igreja Batista do Povo e Presidente da Sociedade Bíblica do Brasil. Tognini foi também autor de 48 livros, entre eles: Batismo no Espírito Santo, Do Conselho do Senhor, O arrebatamento da Igreja, Na corda de Jesus, São Paulo será destruída, Tirai a pedra e Vidas Poderosas. Escreveu também sua autobiografia e a obra O período interbíblico, que narra a passagem do Antigo para o Novo Testamento, utilizado em muitos seminários teológicos pelo país. Foi condecorado confrade da Academia Evangélica de Letras.
O Pr. Enéas Tognini era fundador e diretor presidente do Seminário Teológico Batista Nacional Enéas Tognini, além de ter lecionado sociologia, filosofia e teologia em diversas instituições, como o Colégio Batista Brasil e a Faculdade Batista de Teologia.

Texto histórico escrito por Rubens Spada e adaptado pela equipe de Comunicação da Igreja Batista do Povo


Nenhum comentário:

Postar um comentário