segunda-feira, 26 de junho de 2017

27 DE JUNHO - LEITURA BÍBLICA ANUAL - 1° Crônicas 14 a 16.

1 Crônicas 14

O palácio e a família de David

1Hirão, rei de Tiro, enviou a Davi uma delegação, que lhe trouxe toras de cedro, e também pedreiros e carpinteiros para lhe construírem um palácio.
2Então Davi teve certeza de que o Senhor o confirmara como rei de Israel e de que estava fazendo prosperar o seu reino por amor de Israel, seu povo.
3Em Jerusalém Davi tomou para si mais mulheres e gerou mais filhos e filhas.
4Estes são os nomes dos que lhe nasceram ali: Samua, Sobabe, Natã, Salomão,
5Ibar, Elisua, Elpalete,
6Nogá, Nefegue, Jafia,
7Elisama, Beeliada e Elifelete.

David derrota os filisteus

8Quando os filisteus ficaram sabendo que Davi tinha sido ungido rei de todo o Israel, foram com todo o exército prendê-lo, mas Davi soube disso e saiu para enfrentá-los.
9Tendo os filisteus invadido o vale de Refaim,
10Davi perguntou a Deus: "Devo atacar os filisteus? Tu os entregarás nas minhas mãos?"
O Senhor lhe respondeu: "Vá, eu os entregarei nas suas mãos".
11Então Davi e seus soldados foram a Baal-Perazim, e Davi os derrotou e disse: "Assim como as águas de uma enchente causam destruição, pelas minhas mãos Deus destruiu os meus inimigos". E aquele lugar passou a ser chamado Baal-Perazim.
12Como os filisteus haviam abandonado os seus ídolos ali, Davi ordenou que fossem queimados.
13Os filisteus voltaram a atacar o vale;
14de novo Davi consultou Deus, que lhe respondeu: "Não ataque pela frente, mas dê a volta por trás deles e ataque-os em frente das amoreiras.
15Assim que você ouvir um som de passos por cima das amoreiras, saia para o combate, pois este é o sinal de que Deus saiu à sua frente para ferir o exército filisteu".
16E Davi fez como Deus lhe tinha ordenado, e eles derrotaram o exército filisteu por todo o caminho, desde Gibeom até Gezer.
17Assim a fama de Davi espalhou-se por todas as terras, e o Senhor fez com que todas as nações o temessem.

A arca retorna a Jerusalém

1Depois que Davi tinha construído casas para si na Cidade de Davi, ele preparou um lugar para a arca de Deus e armou uma tenda para ela.
2Então Davi disse: "Somente os levitas poderão carregar a arca de Deus, pois para isso o Senhor os escolheu e para ficarem sempre a seu serviço".
3Davi reuniu todo o Israel em Jerusalém para trazer a arca do Senhor para o lugar que ele lhe havia preparado.
4Reuniu também os descendentes de Arão e os levitas:
5dos descendentes de Coate, Uriel, liderando 120;
6dos descendentes de Merari, Asaías, liderando 220;
7dos descendentes de Gérson, Joel, liderando 130;
8dos descendentes de Elisafã, Semaías, liderando 200;
9dos descendentes de Hebrom, Eliel, liderando 80;
10dos descendentes de Uziel, Aminadabe, liderando 112.
11Em seguida, Davi convocou os sacerdotes Zadoque e Abiatar, os levitas Uriel, Asaías, Joel, Semaías, Eliel e Aminadabe, e
12lhes disse: "Vocês são os chefes das famílias levitas; vocês e seus companheiros levitas deverão consagrar-se e trazer a arca do Senhor, o Deus de Israel, para o local que preparei para ela.
13Pelo fato de vocês não terem carregado a arca na primeira vez, a ira do Senhor, o nosso Deus, causou destruição entre nós. Nós não o tínhamos consultado sobre como proceder".
14Então os sacerdotes e os levitas se consagraram para transportar a arca do Senhor, o Deus de Israel.
15E os levitas carregaram a arca de Deus apoiando as varas da arca sobre os ombros, conforme Moisés tinha ordenado, de acordo com a palavra do Senhor.
16Davi também ordenou aos líderes dos levitas que encarregassem os músicos que havia entre eles de cantar músicas alegres, acompanhados por instrumentos musicais: liras, harpas e címbalos sonoros.
17Assim, os levitas escolheram Hemã, filho de Joel, e Asafe, um parente dele; dentre os meraritas, seus parentes, escolheram Etã, filho de Cuxaías;
18e com eles seus parentes que estavam no segundo escalão: Zacarias, Jaaziel, Semiramote, Jeiel, Uni, Eliabe, Benaia, Maaseias, Matitias, Elifeleu, Micneias, Obede-Edom e Jeiel, os porteiros.
19Os músicos Hemã, Asafe e Etã deviam tocar os címbalos de bronze;
20Zacarias, Aziel, Semiramote, Jeiel, Uni, Eliabe, Maaseias e Benaia deviam tocar as liras, acompanhando o soprano;
21e Matitias, Elifeleu, Micneias, Obede-Edom, Jeiel e Azazias deviam tocar as harpas em oitava, marcando o ritmo.
22Quenanias, o chefe dos levitas, ficou encarregado dos cânticos; essa era sua responsabilidade, pois ele tinha competência para isso.
23Berequias e Elcana seriam porteiros e deveriam proteger a arca.
24Os sacerdotes Sebanias, Josafá, Natanael, Amasai, Zacarias, Benaia e Eliézer deviam tocar as cornetas diante da arca de Deus. Obede-Edom e Jeías também deviam ser porteiros e vigiar a arca.
25Assim, com grande festa, Davi, as autoridades de Israel e os líderes dos batalhões de mil foram buscar a arca da aliança do Senhor que estava na casa de Obede-Edom.
26Como Deus havia poupado os levitas que carregavam a arca da aliança do Senhor, sete novilhos e sete carneiros foram sacrificados.
27Davi vestia um manto de linho fino, como também todos os levitas que carregavam a arca, os músicos e Quenanias, chefe dos músicos. Davi vestia também o colete sacerdotal de linho.
28E todo o Israel acompanhou a arca da aliança do Senhor alegremente, ao som de trombetas, cornetas e címbalos, ao toque de liras e de harpas.
29Quando a arca da aliança do Senhor estava entrando na Cidade de Davi, Mical, filha de Saul, observava de uma janela. E, aconteceu que ao ver o rei Davi dançando e celebrando, ela o desprezou em seu coração.

1 Crônicas 16

1Eles trouxeram a arca de Deus e a colocaram na tenda que Davi lhe havia preparado, e ofereceram holocaustos e sacrifícios de comunhão diante de Deus.
2Após oferecer os holocaustos e os sacrifícios de comunhão, Davi abençoou o povo em nome do Senhor
3e deu um pão, um bolo de tâmaras e um bolo de uvas passas a cada homem e a cada mulher israelita.
4Davi nomeou alguns dos levitas para ministrarem diante da arca do Senhor, fazendo petições, dando graças e louvando o Senhor, o Deus de Israel.
5Desses, Asafe era o chefe, Zacarias vinha em seguida, e depois Jeiel, Semiramote, Jeiel, Matitias, Eliabe, Benaia, Obede-Edom e Jeiel. Eles deviam tocar lira e harpa enquanto Asafe tocava os címbalos.
6Os sacerdotes Benaia e Jaaziel deviam tocar diariamente as trombetas diante da arca da aliança de Deus.
7Foi naquele dia que, pela primeira vez, Davi encarregou Asafe e seus parentes de louvarem o Senhor com salmos de gratidão:

Salmo de David

8"Deem graças ao Senhor,
clamem pelo seu nome,
divulguem entre as nações
o que ele tem feito.
9Cantem para ele, louvem-no;
contem todos os seus atos maravilhosos.
10Gloriem-se no seu santo nome;
alegre-se o coração
dos que buscam o Senhor.
11Olhem para o Senhor
e para a sua força;
busquem sempre a sua face.
12Lembrem-se das maravilhas
que ele fez,
dos seus prodígios
e das ordenanças que pronunciou,
13ó descendentes de Israel, seu servo,
ó filhos de Jacó, seus escolhidos.
14"Ele é o Senhor, o nosso Deus;
seu domínio alcança toda a terra.
15Para sempre se lembra da sua aliança,
da palavra que ordenou
para mil gerações,
16da aliança que fez com Abraão,
do juramento que fez a Isaque,
17que confirmou para Jacó
como um decreto
e para Israel como uma aliança eterna,
dizendo:
18'A vocês darei a terra de Canaã,
a herança que possuirão'.
19"Quando eles ainda eram poucos,
muito poucos,
sendo estrangeiros nela
20e vagueando de nação em nação,
de um reino a outro,
21ele não permitiu que ninguém
os oprimisse;
por causa deles repreendeu reis,
ordenando:
22'Não maltratem os meus ungidos;
não façam mal aos meus profetas'.
23"Cantem ao Senhor, todas as terras!
Proclamem a sua salvação dia após dia!
24Anunciem a sua glória entre as nações,
seus feitos maravilhosos
entre todos os povos!
25Pois o Senhor é grande
e muitíssimo digno de louvor,
ele deve ser mais temido
que todos os deuses.
26Pois todos os deuses das nações
não passam de ídolos,
mas o Senhor fez os céus.
27O esplendor e a majestade
estão diante dele;
força e alegria, na sua habitação.
28Deem ao Senhor,
ó famílias das nações,
deem ao Senhor glória e força!
29Deem ao Senhor
a glória devida ao seu nome.
Tragam ofertas
e venham à sua presença.
Adorem o Senhor
no esplendor da sua santidade,
30tremam diante dele, todas as nações!
Firmou o mundo, e este não se abalará!
31Que os céus se alegrem
e a terra exulte,
e diga-se entre as nações:
'O Senhor reina!'
32Ressoe o mar
e tudo o que nele existe;
exultem os campos
e tudo o que neles há!
33Então as árvores da floresta
cantarão de alegria,
cantarão diante do Senhor,
pois ele vem julgar a terra.
34"Rendam graças ao Senhor,
pois ele é bom;
o seu amor dura para sempre.
35Clamem: 'Salva-nos, ó Deus,
nosso Salvador!
Reúne-nos e livra-nos das nações,
para que demos graças
ao teu santo nome
e façamos do teu louvor a nossa glória'.
36Bendito seja o Senhor,
o Deus de Israel,
de eternidade a eternidade".
Então todo o povo exclamou: "Amém!" e "Louvado seja o Senhor!"
37Davi deixou Asafe e seus parentes diante da arca da aliança do Senhor para ali ministrarem regularmente, de acordo com as prescrições para cada dia.
38Também deixou Obede-Edom e seus sessenta e oito parentes para ministrarem com eles. Obede-Edom, filho de Jedutum, e também Hosa foram porteiros.
39Davi deixou o sacerdote Zadoque e seus parentes sacerdotes diante do tabernáculo do Senhor em Gibeom
40para, regularmente, de manhã e à tarde, apresentarem holocaustos no altar de holocaustos, de acordo com tudo o que está escrito na Lei do Senhor, que ele deu a Israel.
41Com eles estavam Hemã e Jedutum e os outros designados para darem graças ao Senhor, exclamando: "O seu amor dura para sempre".
42Hemã e Jedutum eram responsáveis pelas trombetas, pelos címbalos e pelos outros instrumentos musicais para o culto. Os filhos de Jedutum foram nomeados como porteiros.
43Então todo o povo partiu, cada um para a sua casa, e Davi voltou para casa para abençoar sua família.