terça-feira, 13 de junho de 2017

14 DE JUNHO - LEITURA BÍBLICA ANUAL - ISAÍAS 48 A 49.


Isaías 48

Israel é teimoso

1"Escute isto, ó comunidade de Jacó,
vocês que são chamados
pelo nome de Israel
e vêm da linhagem de Judá,
vocês que fazem juramentos
pelo nome do Senhor
e invocam o Deus de Israel,
mas não em verdade ou retidão;
2vocês que chamam a si mesmos
cidadãos da cidade santa
e dizem confiar no Deus de Israel;
o Senhor dos Exércitos é o seu nome:
3Eu predisse há muito
as coisas passadas,
minha boca as anunciou,
e eu as fiz conhecidas;
então repentinamente agi,
e elas aconteceram.
4Pois eu sabia quão obstinado você era;
os tendões de seu pescoço eram ferro,
a sua testa era bronze.
5Por isso há muito contei a você
essas coisas;
antes que acontecessem
eu as anunciei a você
para que você não pudesse dizer:
'Meus ídolos as fizeram;
minha imagem de madeira
e meu deus de metal as determinaram'.
6Você tem ouvido essas coisas;
olhe para todas elas.
Você não irá admiti-las?
"De agora em diante eu contarei a você
coisas novas,
coisas ocultas, que você desconhece.
7Elas foram criadas agora,
e não há muito tempo;
você nunca as conheceu antes.
Por isso você não pode dizer:
'Sim, eu as conhecia'.
8Você não tinha conhecimento
nem entendimento;
desde a antiguidade o seu ouvido
tem se fechado.
Sei quão traiçoeiro você é;
desde o nascimento
você foi chamado rebelde.
9Por amor do meu próprio nome
eu adio a minha ira;
por amor de meu louvor
eu a contive,
para que você não fosse eliminado.
10Veja, eu refinei você,
embora não como prata;
eu o provei na fornalha da aflição.
11Por amor de mim mesmo,
por amor de mim mesmo, eu faço isso.
Como posso permitir que
eu mesmo seja difamado?
Não darei minha glória a nenhum outro.

Israel é liberto

12"Escute-me, ó Jacó,
Israel,
a quem chamei:
Eu sou sempre o mesmo;
eu sou o primeiro
e eu sou o último.
13Minha própria mão
lançou os alicerces da terra,
e a minha mão direita estendeu os céus;
quando eu os convoco,
todos juntos se põem em pé.
14"Reúnam-se, todos vocês, e escutem:
Qual dos ídolos predisse essas coisas?
O amado do Senhor
cumprirá seu propósito
contra a Babilônia;
seu braço será contra os babilônios.
15Eu, eu mesmo, falei;
sim, eu o chamei.
Eu o trarei, e ele será bem-sucedido
em sua missão.
16"Aproximem-se de mim e escutem isto:
"Desde o primeiro anúncio
não falei secretamente;
na hora em que acontecer, estarei ali."
E agora o Soberano, o Senhor, me enviou,
com seu Espírito.
17Assim diz o Senhor, o seu redentor,
o Santo de Israel:
"Eu sou o Senhor,o seu Deus,
que ensina o que é melhor para você,
que o dirige no caminho
em que você deve ir.
18Se tão somente você tivesse
prestado atenção às minhas ordens,
sua paz seria como um rio,
sua retidão, como as ondas do mar.
19Seus descendentes
seriam como a areia,
seus filhos, como seus inúmeros grãos;
o nome deles jamais seria eliminado
nem destruído de diante de mim".
20Deixem a Babilônia,
fujam do meio dos babilônios!
Anunciem isso com gritos de alegria
e proclamem-no.
Enviem-no aos confins da terra; digam:
O Senhor resgatou seu servo Jacó.
21Não tiveram sede
quando ele os conduziu
através dos desertos;
ele fez água fluir da rocha para eles;
fendeu a rocha, e a água jorrou.
22"Não há paz alguma para os ímpios",
diz o Senhor.

Isaías 49

O Servo do Senhor

1Escutem-me, vocês, ilhas;
ouçam, vocês, nações distantes:
Antes de eu nascer
o Senhor me chamou;
desde o meu nascimento
ele fez menção de meu nome.
2Ele fez de minha boca
uma espada afiada,
na sombra de sua mão ele me escondeu;
ele me tornou uma flecha polida
e escondeu-me na sua aljava.
3Ele me disse: "Você é meu servo,
Israel, em quem mostrarei o meu esplendor".
4Mas eu disse: Tenho me afadigado
sem qualquer propósito;
tenho gastado minha força em vão
e para nada.
Contudo, o que me é devido
está na mão do Senhor,
e a minha recompensa
está com o meu Deus.
5E agora o Senhor diz,
aquele que me formou no ventre
para ser o seu servo,
para trazer de volta Jacó
e reunir Israel a ele mesmo,
pois sou honrado aos olhos do Senhor,
e o meu Deus tem sido a minha força;
6ele diz: "Para você é coisa pequena demais
ser meu servo
para restaurar as tribos de Jacó
e trazer de volta aqueles de Israel
que eu guardei.
Também farei de você uma luz
para os gentios,
para que você leve a minha salvação
até os confins da terra".
7Assim diz o Senhor, o Redentor,
o Santo de Israel,
àquele que foi desprezado
e detestado pela nação,
ao servo de governantes:
"Reis o verão e se levantarão,
líderes o verão e se encurvarão,
por causa do Senhor, que é fiel,
o Santo de Israel, que o escolheu".

A restauração de Israel

8Assim diz o Senhor:
"No tempo favorável
eu responderei a você
e no dia da salvação eu o ajudarei;
eu o guardarei e farei que você
seja uma aliança para o povo,
para restaurar a terra e distribuir
suas propriedades abandonadas,
9para dizer aos cativos: 'Saiam',
e àqueles que estão nas trevas: 'Apareçam!'
"Eles se apascentarão junto aos caminhos
e acharão pastagem em toda colina esté­ril.
10Não terão fome nem sede;
o calor do deserto e o sol não os atingirão.
Aquele que tem compaixão deles os guiará
e os conduzirá às fontes de água.
11Transformarei todos os meus montes em estradas,
e os meus caminhos serão erguidos.
12Veja, eles virão de bem longe;
alguns do norte, alguns do oeste,
alguns de Assuã".
13Gritem de alegria, ó céus,
regozije-se, ó terra;
irrompam em canção, ó montes!
Pois o Senhor consola o seu povo
e terá compaixão de seus afligidos.
14Sião, porém, disse:
"O Senhor me abandonou,
o Senhor me desamparou".
15"Haverá mãe que possa esquecer
seu bebê que ainda mama
e não ter compaixão do filho
que gerou?
Embora ela possa esquecê-lo,
eu não me esquecerei de você!
16Veja, eu gravei você
nas palmas das minhas mãos;
seus muros estão sempre diante de mim.
17Seus filhos apressam-se em voltar,
e aqueles que a despojaram
afastam-se de você.
18Erga os olhos e olhe ao redor;
todos os seus filhos se ajuntam
e vêm até você.
Juro pela minha vida
que você se vestirá deles todos como ornamento;
você se vestirá deles como uma noiva",
declara o Senhor.
19"Apesar de você ter sido arruinada
e abandonada
e apesar de sua terra ter sido arrasada,
agora você será pequena demais
para o seu povo,
e aqueles que a devoraram
estarão bem distantes.
20Os filhos nascidos durante seu luto
ainda dirão ao alcance dos seus ouvidos:
'Este lugar é pequeno demais para nós;
dê-nos mais espaço para nele vivermos'.
21Então você dirá em seu coração:
'Quem me gerou estes filhos?
Eu estava enlutada e estéril;
estava exilada e rejeitada.
Quem os criou?
Fui deixada totalmente só,
mas estes... de onde vieram?' "
22Assim diz o Soberano, o Senhor:
"Veja, eu acenarei para os gentios,
erguerei minha bandeira para os povos;
eles trarão nos braços os seus filhos
e carregarão nos ombros as suas filhas.
23Reis serão os seus padrastos,
e suas rainhas serão
as suas amas de leite.
Eles se inclinarão diante de você,
com o rosto em terra;
lamberão o pó dos seus pés.
Então você saberá que eu sou o Senhor;
aqueles que esperam em mim
não ficarão decepcionados".
24Será que se pode tirar
o despojo dos guerreiros,
ou será que os prisioneiros podem ser resgatados
do poder dos violentos?
25Assim, porém, diz o Senhor:
26"Sim, prisioneiros serão tirados
de guerreiros,
e despojo será retomado dos violentos;
brigarei com os que brigam com você,
e seus filhos, eu os salvarei.
Farei seus opressores comerem
sua própria carne;
ficarão bêbados com seu próprio sangue,
como com vinho.
Então todo mundo saberá que eu,
o Senhor, sou o seu Salvador,
seu Redentor, o Poderoso de Jacó".
Temas relacionados com o Isaías 49:






Nenhum comentário:

Postar um comentário