quinta-feira, 15 de junho de 2017

16 DE JUNHO - LEITURA BÍBLICA ANUAL - ISAÍAS 53 A 55.

Isaías 53

1Quem creu em nossa mensagem?
E a quem foi revelado o braço do Senhor?
2Ele cresceu diante dele
como um broto tenro
e como uma raiz saída de uma terra seca.
Ele não tinha qualquer beleza
ou majestade que nos atraísse,
nada havia em sua aparência
para que o desejássemos.
3Foi desprezado e rejeitado pelos homens,
um homem de dores
e experimentado no sofrimento.
Como alguém de quem
os homens escondem o rosto,
foi desprezado,
e nós não o tínhamos em estima.
4Certamente ele tomou sobre si
as nossas enfermidades
e sobre si levou as nossas doenças;
contudo nós o consideramos
castigado por Deus,
por Deus atingido e afligido.
5Mas ele foi traspassado
por causa das nossas transgressões,
foi esmagado por causa
de nossas iniquidades;
o castigo que nos trouxe paz
estava sobre ele, e pelas suas feridas
fomos curados.
6Todos nós, como ovelhas,
nos desviamos,
cada um de nós se voltou
para o seu próprio caminho;
e o Senhor fez cair sobre ele
a iniquidade de todos nós.
7Ele foi oprimido e afligido;
e, contudo, não abriu a sua boca;
como um cordeiro,
foi levado para o matadouro;
e, como uma ovelha que diante de seus
tosquiadores fica calada,
ele não abriu a sua boca.
8Com julgamento opressivo ele foi levado.
E quem pode falar dos seus descendentes?
Pois ele foi eliminado
da terra dos viventes;
por causa da transgressão
do meu povo ele foi golpeado.
9Foi-lhe dado um túmulo com os ímpios
e com os ricos em sua morte,
embora não tivesse cometido
nenhuma violência
nem houvesse nenhuma mentira
em sua boca.
10Contudo, foi da vontade do Senhor
esmagá-lo e fazê-lo sofrer,
e, embora o Senhor tenha feito da vida dele
uma oferta pela culpa,
ele verá sua prole e prolongará seus dias,
e a vontade do Senhor
prosperará em sua mão.
11Depois do sofrimento de sua alma,
ele verá a luz e ficará satisfeito;
pelo seu conhecimento
meu servo justo
justificará a muitos
e levará a iniquidade deles.
12Por isso eu lhe darei uma porção
entre os grandes,
e ele dividirá os despojos com os fortes,
porquanto ele derramou sua vida
até a morte
e foi contado entre os transgressores.
Pois ele levou o pecado de muitos
e pelos transgressores intercedeu.

Isaías 54

A glória futuro de Sião

1"Cante, ó estéril,
você que nunca teve um filho;
irrompa em canto, grite de alegria,
você que nunca esteve
em trabalho de parto;
porque mais são os filhos
da mulher abandonada
do que os daquela que tem marido",
diz o Senhor.
2"Alargue o lugar de sua tenda,
estenda bem as cortinas de sua tenda,
não o impeça;
estique suas cordas, firme suas estacas.
3Pois você se estenderá para a direita
e para a esquerda;
seus descendentes desapossarão nações
e se instalarão
em suas cidades abandonadas.
4"Não tenha medo;
você não sofrerá vergonha.
Não tema o constrangimento;
você não será humilhada.
Você esquecerá
a vergonha de sua juventude
e não se lembrará mais
da humilhação de sua viuvez.
5Pois o seu Criador é o seu marido,
o Senhor dos Exércitos é o seu nome,
o Santo de Israel é seu Redentor;
ele é chamado o Deus de toda a terra.
6O Senhor chamará você de volta
como se você fosse uma
mulher abandonada e aflita de espírito,
uma mulher que se casou nova
apenas para ser rejeitada", diz o seu Deus.
7"Por um breve instante eu a abandonei,
mas com profunda compaixão
eu a trarei de volta.
8Num impulso de indignação
escondi de você por um instante
o meu rosto,
mas com bondade eterna
terei compaixão de você",
diz o Senhor,o seu Redentor.
9"Para mim isso é como os dias de Noé,
quando jurei que as águas de Noé
nunca mais tornariam a cobrir a terra.
De modo que agora jurei
não ficar irado contra você,
nem tornar a repreendê-la.
10Embora os montes sejam sacudidos
e as colinas sejam removidas,
ainda assim a minha fidelidade
para com você não será abalada,
nem será removida
a minha aliança de paz",
diz o Senhor,
que tem compaixão de você.
11"Ó cidade aflita,
açoitada por tempestades
e não consolada,
eu a edificarei com turquesas,
edificarei seus alicerces com safiras.
12Farei de rubis os seus escudos,
de carbúnculos as suas portas,
e de pedras preciosas
todos os seus muros.
13Todos os seus filhos
serão ensinados pelo Senhor,
e grande será a paz de suas crianças.
14Em retidão você será estabelecida:
A tirania estará distante;
você não terá nada a temer.
O pavor estará removido para longe;
ele não se aproximará de você.
15Se alguém a atacar,
não será por obra minha;
todo aquele que a atacar
se renderá a você.
16"Veja, fui eu quem criou o ferreiro,
que sopra as brasas até darem chama
e forja uma arma
própria para o seu fim.
E fui eu quem criou o destruidor
para gerar o caos;
17nenhuma arma forjada contra você
prevalecerá,
e você refutará toda língua que a acusar.
Esta é a herança dos servos do Senhor,
e esta é a defesa que faço do nome deles",
declara o Senhor.

Isaías 55

Convite à salvação de graça

1"Venham, todos vocês
que estão com sede,
venham às águas;
e vocês que não possuem
dinheiro algum,
venham, comprem e comam!
Venham, comprem vinho
e leite sem dinheiro e sem custo.
2Por que gastar dinheiro
naquilo que não é pão,
e o seu trabalho árduo
naquilo que não satisfaz?
Escutem, escutem-me,
e comam o que é bom,
e a alma de vocês se deliciará
com a mais fina refeição.
3Deem-me ouvidos e venham a mim;
ouçam-me, para que sua alma viva.
Farei uma aliança eterna com vocês,
minha fidelidade prometida a Davi.
4Vejam, eu o fiz
uma testemunha aos povos,
um líder e governante dos povos.
5Com certeza você convocará nações
que você não conhece,
e nações que não o conhecem
se apressarão até você,
por causa do Senhor, o seu Deus,
o Santo de Israel,
pois ele concedeu a você esplendor."
6Busquem o Senhor
enquanto é possível achá-lo;
clamem por ele enquanto está perto.
7Que o ímpio abandone o seu caminho;
e o homem mau, os seus pensamentos.
Volte-se ele para o Senhor,
que terá misericórdia dele;
volte-se para o nosso Deus,
pois ele dá de bom grado o seu perdão.
8"Pois os meus pensamentos
não são os pensamentos de vocês,
nem os seus caminhos
são os meus caminhos",
declara o ­Senhor.
9"Assim como os céus são mais altos
do que a terra,
também os meus caminhos
são mais altos do que os seus caminhos;
e os meus pensamentos,
mais altos do que os seus pensamentos.
10Assim como a chuva e a neve
descem dos céus
e não voltam para eles sem regarem a terra
e fazerem-na brotar e florescer,
para ela produzir semente
para o semeador
e pão para o que come,
11assim também ocorre com a palavra
que sai da minha boca:
ela não voltará para mim vazia,
mas fará o que desejo
e atingirá o propósito para o qual a envi­ei.
12Vocês sairão em júbilo
e serão conduzidos em paz;
os montes e colinas irromperão
em canto diante de vocês,
e todas as árvores do campo
baterão palmas.
13No lugar do espinheiro
crescerá o pinheiro,
e em vez de roseiras bravas
crescerá a murta.
Isso resultará em renome para o Senhor,
para sinal eterno,
que não será destruído."
Temas relacionados com o Isaías 55:





Nenhum comentário:

Postar um comentário